Entenda a diferença entre pandemia epidemia e endemia

Devido ao avanço do coronavírus, o covid-19, a OMS declarou uma pandemia do covid-19. Durante coletiva de imprensa, que ocorreu na quarta-feira (11), o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Adhanom Ghebreyesus, destacou que “os números de casos de mortes e o número de países afetados devem ser ainda maior nos próximos dias e nas próximas semanas”.

Para o diretor-geral, “a palavra pandemia não deve ser usada de forma descuidada ou leviana. É uma palavra que, se mal empregada, pode despertar medo irracional ou a aceitação injustificável de que a luta acabou, levando a sofrimento e mortes desnecessárias.”

Mas, qual a diferença entre pandemia, epidemia e endemia?

Pandemia: é definida quando uma doença infecciosa se propaga e atinge simultaneamente um grande número de pessoas em todo o mundo – em 2009, por exemplo, a gripe suína que matou milhares de pessoas foi classificada como pandemia.

Embora o termo pandemia possa assustar, vale ressaltar que não muda a maneira em que a doença seja proliferada. A classificação ocorre mais porque o vírus não afetou uma região específica – no início, o coronavírus estava concentrado apenas em Wuhan, na China – e se espalhou pelo globo. Além do covid-19, são exemplos de pandemias: AIDS, tuberculose, peste, gripe asiática, gripe espanhola e tifo. O câncer, que provoca milhares de mortes em todo o mundo, não é classificado como uma pandemia por não ser uma doença transmissível. 

Epidemia: também classifica as doenças infecciosas e contagiosas, mas que ocorrem somente em uma comunidade e ou região específica. A nível municipal, por exemplo, uma epidemia ocorre quando vários bairros apresentam casos da doença; estadual quando ocorre em várias cidades e nacional em diversas regiões do país. Em resumo, são surtos de doenças em diversas regiões, sem propagação entre países, por exemplo. Podemos citar casos de epidemia quando a dengue acontece em várias cidades.

Endemia: os casos de endemias não são classificados levando em conta o número de ocorrência. A doença é endêmica quando aparece com frequência em um local, não se espalhando por outras comunidades – a chamada endêmica típica. A endemia também é classificada de modo sazonal. A febre amarela, comum na região amazônica, é uma doença endêmica.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.