Empresário compra duas usinas de energia para minerar Bitcoin

Só podia ser russo!

O empresário russo Aleksei Kolesnik comprou duas usinas termelétricas na região de Perm e Udmurtia para minerar bitcoin e outras criptomoedas, segundo informou o jornal Kommersant.

No total, o empresário pagou cerca de 160 milhões de rublos pela compra de usinas que eram pouco lucrativas, razão pela qual foram vendidas.

Embora o principal motivo do empresário seja a mineração de criptografia, sua ideia geral é criar um data center para conservar informações sobre o tráfego da Internet. “Estamos examinando a variante da criptografia, mas não estamos tentando desenvolvê-la antes de adotar uma base legislativa”, disse Aleksei Kolesnik ao jornal.

Até o momento, o status da criptografia na Rússia não está definido, então o empregador aguarda a decisão das autoridades. De acordo com o jornal, a criação do data center está ligada ao aumento crescente dos requisitos para o depósito de dados por parte do governo russo.

A mineração de criptomoedas consome cada vez mais recursos todos os dias, particularmente a eletricidade, uma vez que os computadores de alta potência que requerem muita energia são necessários para manter o processo.

você pode gostar também

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!