Hackers alegam possuir dados pessoais de mais de 1,5 bilhão de usuários do Facebook e colocam à venda

Dados podem ser usados ​​por hackers para ataques sofisticados de 'phishing' ou engenharia social

Os dados pessoais de mais de 1,5 bilhão de usuários do Facebook estão à venda em um fórum de ‘hackers’, que pode permitir que criminosos cibernéticos ataquem usuários da Internet em todo o mundo, informou o Privacy Affairs nesta segunda-feira (04).

O serviço informa, no entanto, que o possível vazamento de dados não têm ligação com a queda das redes sociais no início da tarde desta segunda-feira (4).

Em seu relatório, a Privacy Affairs compartilhou capturas de tela do fórum em questão, onde uma mensagem do suposto vendedor pode ser vista, que afirma representar um grupo de ‘web scrapers’ e ter tido “mais de 18.000 clientes” em mais de quatro anos.

Os criminoso afirmam ter obtido os dados por meio de ‘web scraping’, uma técnica para extrair informações de sites usando programas de ‘software’. Os dados online disponíveis e acessíveis ao público são automaticamente recolhidos e organizados em listas e bases de dados, explica o portal.

Os especialistas enfatizam que esse vazamento coloca em risco a segurança dos usuários da rede social, uma vez que os dados podem ser usados ​​por hackers para ataques sofisticados de ‘phishing’ ou engenharia social. Da mesma forma, essas informações podem cair nas mãos de “marqueteiros” inescrupulosos para bombardear um determinado indivíduo ou grupos de pessoas com publicidade.

A Privacy Affairs disse que é a maior e mais significativa violação de dados da história da rede social, que, aparentemente, não está relacionada a um vazamento anterior de dados do Facebook neste ano, no qual 500 milhões de usuários foram afetados .

Em abril passado, os dados pessoais de internautas de mais de 100 países também foram postados online gratuitamente por um usuário em um fórum de hackers discreto. As informações roubadas incluíam nomes de usuário completos, números de telefone, IDs do Facebook, locais, datas de nascimento, informações biográficas e, em alguns casos, endereços de e-mail, entre outros.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui