Em ascensão, preço do Bitcoin atinge US $ 15.000

Criptomoeda atingiu patamar nesta quinta-feira

O Bitcoin continua batendo seus próprios recordes dia após dia. Nesta quinta-feira (7), a criptomoeda mais valiosa do mundo atingiu o valor unitário de US $ 15.000 depois de ter quebrado sua marca histórica de US $ 13.000 no dia anterior.

De acordo com dados das cotações, o bitcoin foi chegou a atingir US $ 15.098 nesta manhã, fazendo com que o preço global de suas ações no mercado excedesse 250.000 milhões.

Segundo os relatórios, o último aumento da criptomoeda é devido ao crescente interesse entre os especuladores na Coréia do Sul , bem como rumores sobre o lançamento antes do final do ano de contratos de futuros bitcoin.

Pode superar o uso do ouro

bitcoin cotação criptomoeda
Foto: Geralt/Pixabay

Em meio ao novo recorde marcado pelo bitcoin, os analistas da JP Morgan parecem mudar de tática, admitindo sua transformação em algo semelhante a uma classe de ativos mais tradicionais, como o ouro.

O Chicago Options Exchange (CBOE) e a Chicago Mercantile Exchange (CMO) anunciaram planos para lançar contratos de futuros para o bitcoin neste mês.

De acordo com Nikolaos Panigirtzoglou, analista da JP Morgan, a entrada em mercados financeiros mais formais “tem o potencial de aumentar a criptografia para [o status de] uma classe emergente de ativos”, informou ao The Daily Telegraph.

“A perspectiva de lançar futuros para o bitcoin, particularmente por trocas estabelecidas, tem o potencial de contribuir para a sua legitimidade e desta forma aumentar a atratividade do mercado de criptografia para investidores de varejo e institucionais”, explicou o especialista.

Indicando a vantagem do bitcoin como um ativo de investimento e um meio de pagamento ao mesmo tempo, Panigirtzoglou disse que, embora o bitcoin ainda esteja longe de combinar o ouro no volume de investimento ou com o valor total em circulação, a moeda descentralizada poderia chegar a competir com ouro ou mesmo superar o uso de metais preciosos .

A atitude de Panigirtzoglou contrasta com a do CEO da JP Morgan, Jamie Dimon, um feroz crítico de bitcoin, que chamou a moeda de “uma fraude” que ” vai explodir ” e prometeu despedir qualquer um dos seus trabalhadores que negociaram com bitcoins.

Para mais novidades sobre de criptmoedas, clique aqui!

você pode gostar também

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!