Mundo

Na Alemanha, empresa instala tijolos em forma de suástica e revolta moradores

Uma empresa de construção foi duramente criticada em uma cidade alemã após instalar um conjunto, supostamente aleatório, de tijolos em forma de uma suástica. O erro da empresa foi rapidamente descoberto por moradores da cidade de Goslar, noroeste da Alemanha, que acionaram a polícia imediatamente. As informações são do Daily Mail.

A construtora afirma que o desenho foi formado de forma não intencional.

A construtora afirma que o desenho foi formado de forma não intencional.

Qualquer uso de símbolos nazistas é ilegal na Alemanha, a polícia foi chamada ao local, mas os construtores afirmam que o formato dos tijolos foi um acidente. A nova calçada tinha acabado de ser apresentado oficialmente na zona pedonal de uma das principais ruas comerciais de Goslar, Lower Saxony. A polícia confirmou que houve de fato uma suástica no meio da passarela recém-instalada, mas disse que não poderia determinar que ele tinha sido feito deliberadamente.

Funcionários do Conselho da Cidade no entanto, disse que sem intenção ou não, eles devem reorganizar a alvenaria e erradicar o símbolo nazista. Um porta-voz do conselho da cidade cristã Burgart disse ao Mail Online: “Nós não toleramos esse tipo de comportamento aqui. É imperdoável, portanto pedimos que seja removido imediatamente.”. Ele acrescentou: “Este símbolo não tem nada a ver com a nossa cidade e não tem lugar aqui.”.

A polícia foi chamada ao local em Goslar, Lower Saxony, mas os construtores afirmam que o formato dos tijolos foi um acidente

A polícia foi chamada ao local em Goslar, Lower Saxony, mas os construtores afirmam que o formato dos tijolos foi um acidente

Um porta-voz da polícia disse: “Não temos nenhuma pista, estamos mantendo nossas opções abertas e investigando. Estamos falando com a construtora responsável pela nova calçada. Eles alegam que não foi intencional, mas apenas um erro inocente, e já consertou “.

A lei alemã proíbe “o uso de símbolos de organizações inconstitucionais”, abrangendo todo simbolismo nazista e, como resultado, a suástica. O Código Penal alemão proíbe qualquer forma de exibição de uma suástica, mesmo se usado em situações “inocentes”.

Read More...

Mundo

Militares dos EUA divulgam vídeo do ataque ao “EI”, na Síria

Na noite de ontem (22), o porta-voz do Pentágono, almirante John Kirby, confirmou o ataque ao Estado Islâmico através de sua conta oficial no Twitter. Os ataques dos EUA contra os alvos militares na Síria durante a noite de ontem eram “apenas o começo de um esforço persistente de coalizão para se degradar e, finalmente, destruir os militantes do ISIS e outros grupos extremistas”, disseram os militares americanos. As informações são do Daily Mail.

Navios lançando mísseis contra a Síria

Navio lançando mísseis contra a Síria

Os ataques aéreos – com mísseis Tomahawk US, lançados dos navios, caças de guerra B1, F16, F18 e F22 e drones – teve o apoio da Arábia Saudita, Bahrein, Catar, Jordânia e Emirados Árabes Unidos. O porta-voz do Comando Geral das Forças de Defesa do Bahrein disse que os ataques fazem parte “dos esforços internacionais para proteger a segurança regional e a paz no mundo”.

Havia também um outro ataque por parte dos EUA ao misterioso Khorasan Group, filiados à Al Qaeda, em uma localização diferente dos militantes islâmicos na Síria.  “Eu posso te dizer que os ataques de ontem à noite foram apenas o começo”, disse o almirante John Kirby, porta-voz do Pentágono. O almirante também disse que os ataques tinham sido “muito bem sucedidos” e continuaria, sem entrar em mais detalhes sobre os futuros planos operacionais.

Mais cedo o presidente dos EUA, Barack Obama, disse que a participação das cinco nações árabes “deixa claro para o mundo que não é uma luta exclusiva da América”

Em uma coletiva de imprensa, poucas horas após os ataques durante a noite, Obama disse que a luta conjunta contra o ISIS vai levar tempo – mas continua a ser vital para a segurança dos Estados Unidos, no Oriente Médio e no resto do mundo. Ele disse que não era possível saber quanto tempo irá durar as operações dos EUA contra os militantes do Estado islâmico na Síria e no Iraque. Em uma carta ao Congresso após os ataques aéreos, Obama disse: “Não é possível saber a duração destas implantações e operações”.

Os restos de uma casa em uma vila perto de Aleppo são inspecionados após ser destruída

Os restos de uma casa em uma vila perto de Aleppo são inspecionados após ser destruída

Os líderes militares disseram que cerca de dois terços dos cerca de 31 mil militantes do Estado Islâmico estavam na Síria. Em um discurso de 10 de setembro, Obama prometeu ir atrás dos militantes do Estado islâmico onde quer que estejam. E seus líderes militares e de defesa, disse ao Congresso na semana passada que os ataques aéreos dentro da Síria são destinadas a interromper o impulso do grupo e dar tempo para os EUA e aliados para treinar e equipar os rebeldes sírios moderados. “Eu tenho deixado claro que vamos caçar terroristas que ameaçam o nosso país, onde quer que estejam”, disse Obama. “Isso significa que eu não hesitarei em tomar medidas contra a ISIS na Síria, assim como o Iraque. Este é um princípio fundamental da minha presidência: se você ameaçar os Estados Unidos, você não vai encontrar nenhum porto seguro “.

Até o momento os aviões de caça dos EUA lançaram cerca de 190 ataques aéreos no Iraque. Incentivados pelos militares e funcionários da Casa Branca e dos Estados Unidos, o Congresso aprovou a legislação na semana passada que autoriza os militares a armar e treinar rebeldes sírios moderados. Obama assinou o projeto de lei sexta-feira, oferecendo US $ 500 milhões para os EUA para treinar cerca de 5.000 rebeldes durante o próximo ano.

Fugindo: sírios carregam seus pertences perto da fronteira com a Síria

Fugindo: sírios carregam seus pertences perto da fronteira com a Síria

Com informações do Daily Mail

Read More...

Ciência

Cientistas encontram “a alma do sol”

Pela primeira vez na história, uma equipe internacional de cientistas conseguiu detectar as partículas que vêm diretamente do coração do Sol e se propagam pelo espaço como a luz. Um grupo de cerca de cem cientistas da Universidade de Massachusetts Amherst, na Itália, onde funciona o detector de partículas Borexino, especialmente projetado para o estudo dos neutrinos solares de baixa energia, conseguiu descobrir o “coração do Sol”, um processo que lhes permitiu observar as partículas de fusão com que a estrela emite seus raios.

A alma do sol. Foto: History Channel

A alma do sol. Foto: History Channel

A luz do sol leva oito minutos para chegar à Terra, no entanto, os neutrinos são formados dentro do sol, levam cerca de 100 mil anos para chegar à superfície da estrela: “No núcleo do Sol, a energia é liberada por meio de reações nucleares que transformam o hidrogênio em hélio. Acredita-se que a reação primária é a fusão de dois prótons com a emissão de um neutrino de baixa energia. Os então chamados neutrinos pp formam quase todo o fluxo de neutrinos solares, superando amplamente a quantidade das partículas emitidas nas reações posteriores”, descreve Andrea Pocar, um dos cientistas responsáveis pela pesquisa, ressaltando que, antes, esses neutrinos eram invisíveis pela ciência, inclusive quando conseguiam gerar até 99% da energia solar.

Esta grande descoberta permitiu aos cientistas ver o núcleo do Sol: “Se os olhos são o espelho da alma, esses neutrinos não estão olhando apenas o rosto do Sol, mas diretamente em seu núcleo, demos uma olhada na alma de sol. “

Com informações do Metro Informa

Read More...

Mundo, Notícias

Mesmo após ganhar R$ 17,5 milhões na loteria, gari vai trabalhar no dia seguinte

Joseph Whiting, de 42 anos e residente do bairro de Camden, na região central de Londres, fez a aposta nove minutos antes do prazo. Ele consultou seus números às 4h de quinta-feira – o sorteio foi realizado na quarta-feira – mas foi trabalhar uma hora depois pois achou que não poderia ter sido ele o vencedor.

Um gari que ganhou o equivalente a R$ 17,5 milhões na loteria foi trabalhar no dia seguinte por não acreditar que sua aposta tinha sido vencedora. (Foto: Reprodução BBC Brasil)

Um gari que ganhou o equivalente a R$ 17,5 milhões na loteria foi trabalhar no dia seguinte por não acreditar que sua aposta tinha sido vencedora. (Foto: Reprodução BBC Brasil)

 

O funcionário, que trabalhava como gari havia 14 anos, disse: “Eu não sei como o consegui passar o dia. Minha cabeça estava voando. Você pode checar 100 vezes e ainda não acreditar”. Whiting mostrou o bilhete à sua mãe e pediu para ela guardá-lo bem. “Não vá jogar fora junto com outros papéis quando for arrumar a casa”, disse ele. A mãe achou que o gari estava brincando, mas guardou o bilhete como o filho pedira.

Whiting pediu demissão na segunda-feira e disse que usaria o prêmio – de 4,5 milhões de libras – para comprar uma casa maior e ingressos para jogos do Arsenal, ter aulas de direção e levar seus filhos à Disney.

 

Fonte: BBC Brasil

Read More...

Mundo, Notícias

Vítimas da Telexfree terão amparo de fundo de US$ 3,5 milhões nos EUA

O órgão norte-americano que denunciou a Telexfree em abril deste ano, por suspeita de pirâmide financeira fechou um acordo para a criação de um fundo de reparo às vítimas prejudicadas pelo negócio, no valor de US$ 3,5 milhões (equivalente a R$ 8,4 milhões). Pelo acordo, o Fidelity Bank – instituição que intermediou transações milionárias dos diretores da empresa, James Merrill e Carlos Wanzeler – se comprometeu a administrar os recursos do fundo, destinado a todos os investidores residentes de Massachusetts, nos Estados Unidos.

Autoridade norte-americana fechou acordo para que banco destine recursos para ressarcir investidores prejudicados pelo esquema; brasileiros em Massachusetts podem se beneficiar (Foto: Reprodução)

Autoridade norte-americana fechou acordo para que banco destine recursos para ressarcir investidores prejudicados pelo esquema; brasileiros em Massachusetts podem se beneficiar (Foto: Reprodução)

Brasileiros poderão se beneficiar do fundo, desde que residam no Estado norte-americano e, segundo informou o departamento de segurança estadual, “ainda é cedo para dizer quantas pessoas poderiam se beneficiar, mas todos são investidores de Massachusetts”.

A previsão é de que o dinheiro seja distribuído por uma autoridade competente em meio ao processo de recuperação judicial da Telexfree no país. A empresa foi acusada de captar mais de US$ 300 milhões (cerca de R$ 670 milhões) de forma fraudulenta, sob a fachada de um sistema de revenda de telefonia VoIP. No Brasil, o negócio atraiu ao menos 1 milhão de pessoas e seus responsáveis também tiveram bens congelados pela Justiça.

Após a denúncia da Divisão de Segurança de Massachusetts contra a Telexfree, em 15 de abril, Wanzeler e Merrill foram indiciados por fraude e conspiração. Desde agosto do ano passado, a empresa abriu contas no Fidelity Bank, cujo presidente, John Merrill, é irmão de James Merrill. Por meio de apenas três depósitos, a dupla movimentou US$ 10 milhões provenientes das vítimas do esquema, por transações bancárias consideradas impróprias, de acordo com a autoridade norte-americana.

“Este acordo vai ajudar a reparar, ao menos em parte, os danos aos investidores de Massachusetts por esse esquema pervasivo de pirâmide, que causou perdas substanciais à comunidade brasileira dentro de nossa jurisdição”, afirmou no documento o secretário Francis Galvin.

Com informações do IG

Read More...