Mundo

Suspeitos de assassinar Miss Honduras e irmã são presos

Nesta última quinta-feira (20) foi decretada a prisão de 4 pessoas em Honduras, todos acusados de terem envolvimento no assassinato de María José Alvarado, e sua irmã, Sofía Trinidad, as prisões ocorreram no último dia 19, quarta-feira passada.

Entre os acusados, um dado entristecedor é que um dos principais suspeitos de envolvimento no assassinato duplo, Pultarco Ruiz, que era namorado de Sofía, foi emitida uma ordem de prisão por feminicídio para ele e para os outros três, que são Aris Maldonado Mejía. Ventura Díaz e Elizabeth Alvarado, que foram presos também na última quarta-feira.

María Jose Alvarado (Foto: AFP)

María Jose Alvarado (Foto: AFP)

Caso seja condenado, Ruiz poderá ficar até 80 anos detido caso seja culpado como autor do assassinato duplo, os outros três acusados, caso condenados, terão uma pena menor, pois serão considerados como cúmplices do crime de feminicídio. A María José Alvarado foi vencedora do Miss Honduras e participaria de um concurso de beleza, que ocorre mês que vem, em Londres, Inglaterra.

O funeral de María e sua irmã ocorreu nesta última quinta-feira (20).

Read More...

Ciência

Homem faz exame e descobre parasita no cérebro

Uma consulta médica pode nos trazer as maiores surpresas possíveis, pois através de exames podemos descobrir muitas coisas, raras são as exceções de quando exames mostram um resultado ‘diferente’, este foi o caso de um homem, que descobriu em uma ida ao médico, que vive com um verme em seu cérebro.

O homem que não teve seu nome revelado, ele foi ao médico, se queixando de dores de cabeça, então foi feita uma ressonância magnética e a descoberta do porque das dores aconteceu, foi encontrada uma Spirometra erinaceieuropaei, que é um parasita intestinal e que havia percorrido 5 cm dentro do cérebro do homem.

O parasita encontrado é raro, foi visto apenas 300 vezes no mundo desde 1953, por isso pouco se sabia sobre ele até os dias atuais. Acredita-se que a infecção ocorra pela ingestão de crustáceos infectados, de carne crua de répteis e anfíbios ou de uma pomada de sapo usada por chineses para curar problemas na vista.

A úncia informação que se tem é que o homem tem procedência chinesa e que ele conviveu com o parasita 4 anos em seu cérebro.

Read More...

Saúde

Chega ao fim o surto de ebola na República Democrática do Congo

Apesar de ser um vírus que assombra a muitos que moram no continente africano, o ebola é capaz de trazer boas notícias, principalmente quando a notícia é de ele ter sido extinguido em um local, e dessa vez um país todo está feliz, o da República Democrática do Congo, que segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) encerrou o surto de contaminação pelo vírus.

Agora, para se tornar uma país devidamente livre da transmissão de ebola, o país precisa passar 42 dias sem registros de infectados pela vírus, mas de qualquer forma um grande passo para isso já foi dado. No total 49 pessoas morreram entre as 66 infectadas pela doença da remota província Equateur, no noroeste do país, durante os três meses em que durou o surto, dados que foram divulgados por autoridades congolesas e que foram confirmados pela OMS.

Confira a situação de outros países que registraram casos de infecção pelo vírus ebola (segundo informações do Portal G1):

Guiné: São 1.971 casos, entre confirmados, prováveis e suspeitos. Ao todo, morreram 1192 pessoas.

Libéria: São 7.069 casos, entre confirmados, prováveis e suspeitos. Ao todo, morreram 2.964 pessoas.

Serra Leoa: Foram 6.073 casos, entre confirmados, prováveis e suspeitos. Ao todo, morreram 1.250 pessoas.

Mali: Fouve 6 casos, entre confirmados e prováveis. Morreram 5 pessoas.

Espanha: Houve apenas um caso confirmado, o da enfermeira Teresa Romero, que já foi curada.

Estados Unidos:  Houve quatro casos da doença. Um dos pacientes morreu e três outros foram curados.

Nigéria: Foram 20 casos de ebola, entre confirmados e prováveis, que levaram a 8 mortes. O país já foi declarado livre da doença.

Senegal: Houve apenas um caso da doença e o paciente se recuperou. O país já foi declarado livre da doença.

Read More...

Ciência

Especialistas dizem que vida extraterreste poderia se desenvolver com CO2 em vez de água

Foto: © deviantart.com / Zen-Master

A busca por vida extraterrestre tem se concentrado até agora em planetas que poderiam acumular água, mas os cientistas acreditam que devemos ir mais longe. Um estudo diz que planetas com CO2 supercrítico poderia abrigar espécies exóticas. Este tipo de CO2 é gerado quando os líquidos e os gases atingem a sua temperatura e pressão limite, resultando em um fluido supercrítico que possui características de ambos os líquidos e as características do gás. O dióxido de carbono supercrítico é alcançado quando a temperatura excede os 305 graus Kelvin (32 ° C) e a pressão excede 72,9, o nível normal no ambiente ao nível do mar. As informações são do Actualidad RT.

Na Terra, tal variedade de dióxido de carbono é usado para limpeza a seco ou na esterilização de equipamentos médicos, mas astrobiólogos da Washington State University (Universidade Estadual de Washington) acreditam que também pode ser capaz de se tornar a base para a vida.  O professor Dirk Schulze-Makuch e a sua equipe compararam o desempenho das enzimas de dióxido de carbono e da água e descobriram que eles eram mais estáveis ​​no CO2 supercrítico.

O dióxido de carbono supercrítico faz que as enzimas sejam mais seletivas com as moléculas que se ligam, resultando em menos reações colaterais. Os pesquisadores também notaram que um certo número de espécies bacterianas toleram dióxido de carbono supercrítico.  “Seria ótimo perfurar as áreas com dióxido de carbono supercrítico na Terra e investigar esses ambientes em detalhes, mas isto é, obviamente, difícil por causa das limitações práticas e os enormes custos”, disse Schulze-Makuch ao portal Space.com.  Os investigadores acreditam que o dióxido de carbono supercrítico pode estar presente em Vênus , cuja atmosfera consiste principalmente em dióxido de carbono.

Read More...

Saúde

SUS distribui tratamento para Hepatite C

Os portadores do vírus da hepatite C poderão contar com o os medicamentos a partir de 2015, o tratamento inclui três tipos de medicamentos e tem atingido a taxa de eliminação de 80% a 90% dos casos da doença.

Conforme o hepatologista e presidente da Sociedade Brasileira de Hepatologia, Edison Parise, esclareceu que o Sofosbuvir, o Daclatasvir e o Simeprevir ainda estão em analises e sendo encaminhados para homologação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária. A homologação pode ocorrer até o fim do ano, para que os pacientes usufruam dos medicamentos nos primeiros meses de 2015, com períodos de 12 semanas.

O custo dos remédios é altíssimo nos Estados Unidos, chegando a atingir o valor de US$ 120 mil para 12 semanas de tratamento. É por esse motivo que o Ministério da Saúde está em parceria com laboratórios para fazer a compra em valores mais acessíveis, para que esteja disponível no Sistema Único de Saúde (SUS). O chefe do Ambulatório de Hepatites do Hospital de Clínicas da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e membro do Comitê Assessor do Programa de Hepatites do Ministério da Saúde, Raymundo Paraná, informa que se não houvesse esse acordo seria impossível o SUS distribuir os medicamentos. “O SUS não suportaria fazer a distribuição de remédios que custa US$ 120 mil nos Estados Unidos, e medicamentos com esse valor sendo distribuídos em um país como o nosso, que tem limitação orçamentária”, explicou.

Os remédios já foram testados nos Estados Unidos e na Europa e segundo Edison Parise. Houve neste mês, um congresso de especialistas em Boston, que fizeram a demonstração dos resultados em mais de mil pacientes, e afirmaram a eficácia do tratamento. “os pacientes começaram a usar os medicamentos há mais ou menos um ano nos Estados Unidos e agora, no Congresso, foram dadas informações sobre o uso deles. Foram poucas as pessoas incluídas nos estudos, os dados agora trazem um número maior de pessoas tratadas e possuem a mesma quantidade de pacientes curados por volta de 80% a 90%, dos pacientes, com diagnostico de eficácia no tratamento e com menos dor”, acrescentou.

Read More...