Mundo

Reggae jamaicano vira Patrimônio Mundial da Unesco

(ANSA) – A Unesco transformou o reggae jamaicano em Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, em decisão anunciada nesta quinta-feira (29).

Segundo a entidade, o reconhecimento se deve à contribuição desse estilo musical, disseminado no mundo todo graças a artistas como Bob Marley, para o “debate internacional sobre questões de injustiça, resistência, amor e humanidade”.

“Embora em seu estado embrionário o reggae tenha sido a voz dos marginalizados, o estilo é tocado e abraçado hoje por amplos setores da sociedade, incluindo vários grupos étnicos e religiosos”, justificou a Unesco.

Nascido no seio de grupos marginalizados na sociedade jamaicana, principalmente na capital Kingston, o reggae é uma “amálgama de diversas influências musicais”, incluindo ritmos caribenhos, latinos e norte-americanos.

Sua maior expressão é Bob Marley (19451981), que vendeu mais de 200 milhões de discos com sua música de protesto e liberdade.

Read More...

Mundo

Schumacher está em estado vegetativo, revela arcebispo

(ANSA) – Desde que sofreu um grave acidente de esqui em 2013, o ex-piloto Michael Schumacher vive cercado por mistério. No entanto o arcebispo alemão Georg Gänswein, prefeito da Casa Pontifícia e secretário pessoal do papa emérito Bento XVI, deu algumas pistas sobre o estado de saúde do heptacampeão mundial de Fórmula 1, em entrevista divulgada pelo jornal “Bild“.

O religioso contou ter visitado o ex-piloto em sua residência, na Suíça, em 2016, e afirmou que Schumacher está em estado vegetativo e apenas “sente as pessoas ao seu redor”.

“Ele consegue sentir as pessoas ao redor dele. Sentei na frente dele, segurei as duas mãos e olhei para ele. Seu rosto é, como todos sabemos, o típico rosto de Michael Schumacher, só está um pouco mais cheio”, explicou Gänswein.

“Ele sente que pessoas amorosas estão ao seu redor, cuidando dele e, graças a Deus, afastando o público curioso demais. Uma pessoa doente precisa de discrição e compreensão. Sua esposa é a alma da família, que é o ninho protetor de que Michael precisa absolutamente”, acrescentou.

A vida de Schumacher mudou em dezembro de 2013, quando ele sofreu um grave acidente enquanto esquiava em uma pista em Méribel, no sul da França. Ele caiu e bateu a cabeça em uma rocha e, desde então, lida com as sequelas da colisão.

Quase cinco anos após o acidente, a família do alemão continua optando por manter sob sigilo absoluto seu verdadeiro estado de saúde.

Read More...

Mundo

Papa sugere vender bens da Igreja para ajudar os pobres

(ANSA) – O papa Francisco afirmou nesta quinta-feira (29) que o valioso patrimônio cultural da Igreja Católica deve estar “a serviço dos pobres” e que sua eventual venda não pode ser vista com “escândalo”.

As declarações estão em uma mensagem aos participantes de um congresso sobre a gestão dos bens culturais eclesiásticos e a cessão de lugares de culto, realizado pelo Pontifício Conselho para a Cultura e pela Conferência Episcopal Italiana (CEI).

“Os bens culturais são voltados às atividades de caridade desenvolvidas pela comunidade eclesiástica. O dever de tutela e conservação dos bens da Igreja, e em particular dos bens culturais, não tem um valor absoluto, mas em caso de necessidade eles devem servir ao bem maior do ser humano e especialmente estar a serviço dos pobres”, disse o Papa.

Segundo Francisco, a constatação de que muitas igrejas “não são mais necessárias por falta de fiéis ou padres ou por mudanças na distribuição da população nas cidades e zonas rurais deve ser vista como um sinal dos tempos que nos convida a uma reflexão e nos impõe uma adaptação”.

Na mensagem, Jorge Bergoglio ressaltou que a cessão de bens da Igreja “não deve ser a primeira e única solução”, mas também não pode ser feita sob “escândalo dos fiéis”.

Read More...

Mundo

Filho de testemunha de caso Odebrecht é morto na Colômbia

(ANSA) – O filho de Jorge Enrique Pizano, principal testemunha no escândalo de pagamento de propinas realizado pela construtora brasileira Odebrecht na Colômbia, foi envenenado três dias depois da morte de seu pai.

O falecimento do arquiteto Alejandro Pizano Ponce de León foi confirmado nesta terça-feira (14) pelo Instituto Médico Legal e pela procuradoria geral da Colômbia. A polícia local investiga o caso. Em entrevista coletiva, a vice-promotora-geral colombiana, María Paulina, afirmou que a autópsia revelou que a morte foi causada por envenenamento com cianureto. Segundo ela, as provas encontradas na residência dos pais de Alejandro indicam que “o cianeto estava em uma garrafa de água saborizada encontrada no escritório de seu pai, da qual tomou um gole”.

Jorge Enrique Pizano, pai do arquiteto, que sofria com um câncer, foi vítima de um infarto há três dias. Seu filho havia chegado de Barcelona, na Espanha, para participar do funeral.

As duas mortes causam uma reviravolta no caso, principalmente porque Pizano foi responsável por fazer importantes revelações sobre o caso Odebrecht no país.

O engenheiro denunciou irregularidades em contratos e subornos dentro de um projeto de construção de estradas que contou com a participação da Odebrecht e de consórcios colombianos entre 2010 e 2014.

Antes de sua morte, Pizano tentou se tornar uma testemunha protegida pela Justiça dos Estados Unidos em troca de diversas provas, inclusive ele deixou uma entrevista gravada, exibida ontem (13) pela emissora “Notícias Um”, na qual revelava que o procurador-geral da Colômbia, Néstor Humberto Martínez, sabia do esquema de corrupção pela Odebrecht no país desde 2013, três anos antes de assumir o cargo.

O canal informou que os áudios só foram entregues à emissora por Pizano com o pedido de que fossem tornados públicos caso ele morresse.

Read More...

Mundo

Promessa de Bolsonaro gera retaliação do governo do Egito

(ANSA) – A promessa do presidente eleito, Jair Bolsonaro, de transferir de Tel Aviv para Jerusalém a embaixada brasileira em Israel já começou a gerar retaliações de países árabes. O Egito cancelou a viagem de uma comitiva brasileira liderada pelo ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira.

Estava previsto para o chanceler desembarcar no país nesta quarta-feira (7) para cumprir uma agenda entre os dias 8 e 11 de novembro. No entanto, ontem, o governo brasileiro foi informado pelas autoridades do Egito de que a viagem teria de ser cancelada por problemas de agenda. Apesar da justificativa, é incomum, pelo protocolo diplomático, desmarcar viagens em cima da hora.

Nunes recebeu a notícia em Xangai, na China, onde participa da feira China International Import Expo (CIIE), com uma delegação de empresários. No Egito, ele se encontraria com o presidente Abdel Fattah al-Sisi e com o chanceler Sameh Shoukry.

A decisão do Egito vem dias após Bolsonaro confirmar que pretende mudar a embaixada do Brasil em Israel, seguindo uma decisão tomada pelos Estados Unidos e criticada pelos países árabes, já que Jerusalém é uma cidade importante para várias religiões.

Os países árabes, juntos, são o segundo maior comprador de proteína animal do Brasil. No ano passado, as exportações somaram US$ 13,5 bilhões, e o superávit brasileiro foi de US$ 7,17 bilhões. Especialistas em política externa temem que o mercado seja prejudicado caso os árabes decidam retaliar economicamente a decisão de Bolsonaro.

Read More...