BA

Salvador recebe Petronor 2018 e oportunidades para o setor de energia

Nos últimos anos, o mercado de Petróleo, Gás e Energia teve foco principalmente no offshore e no Rio de Janeiro. Mas o cenário atual é de mudanças – e o Nordeste vem reconquistando uma posição de destaque. É neste contexto que a Bahia recebe, de 18 a 20 de julho, no auditório do Senai Cimatec, a VII Conferência e Encontro de Negócios do Setor do Petróleo do Norte e Nordeste do Brasil – Petronor 2018. O evento bienal, que é gratuito, tem foco na geração de negócios e no debate de temas relevantes para o setor. Realizado pelo Sebrae, com execução da Austral, o Petronor volta a acontecer em Salvador após nove anos.

O evento reunirá cerca de 500 participantes. Entre eles, estão seis delegações estrangeiras, vindas do Canadá, Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, Colômbia e Argentina. Também participam cerca de 300 representantes de empresas. Missões empresariais, startups, gestores e dirigentes de unidades do Sebrae de dez estados brasileiros também integrarão a audiência.

Atualmente, Salvador é o segundo hub petroleiro mais importante do Brasil. “É fundamental reconhecer essa relevância da Bahia para o setor e trazer oportunidades de negócios para o estado. O Petronor acontece em um cenário de otimismo do setor, e acreditamos que o evento fortalecerá ainda mais a cadeia produtiva de Petróleo e Gás, fomentando o elo entre grandes e pequenas empresas”, destaca o superintendente do Sebrae Bahia, Jorge Khoury, que lembra, também, a tradição baiana no setor, presente desde a exploração até o refino e importação e exportação.

A programação completa está disponível no site do evento: www.petronor.net.br. Entre os destaques, estão os fóruns de Gás e de Petróleo (com tradução simultânea português-inglês), rodadas de negócios e mesas redondas. Pela primeira vez, o evento terá um Fórum e a Arena de Inovação, que apresentarão temas vinculados à Indústria 4.0, e ao ambiente de conexão entre indústria e startups. Na Arena, serão apresentados 35 projetos, que usam a tecnologia aplicada ao setor para a redução de custos e operações mais eficientes nas atividades de exploração, produção e refino.

Read More...

BA

Desabamento de prédio em Salvador mata criança de 10 anos

Um prédio de três andares desabou nesta terça-feira (13) em Salvador, após uma forte chuva atingir a capital baiana. Até o momento, uma criança de 10 anos morreu no incidente.

Segundo as testemunhas, seis pessoas estavam no local. Além do corpo da criança, duas pessoas foram resgatadas e outras ainda seguem sob os escombros.

Entre os sobreviventes, uma mulher de 35 anos teve ferimentos leves no rosto, enquanto a outra, uma menina de 11 anos, teve traumatismo craniano leve. Ambas foram levadas para o Hospital Geral do Estado (HGE).

Segundo a Defesa Civil de Salvador (Codesal), esta foi a ocorrência mais grave registrada na capital da Bahia em função da forte chuva que atinge a cidade nesta terça, provocando acidentes de trânsito, deslizamentos e alagamentos em diversos pontos.

O prédio que caiu fica na Rua Alto de São João, Pituaçu. A Defesa Civil ainda não se pronunciou oficialmente sobre a situação em que o edifício se encontrava.

Com informações da Agência ANSA*

Read More...

BA

Com população idosa crescendo na Bahia, pagamento de aposentadoria poderá ficar inviável, diz especialista

Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população idosa da Bahia aumentou em 40%, entre os anos de 2001 e 2015. Nesse tempo, a quantidade de idosos, a partir de 60 anos, quase duplicou. De 1.218 milhão passou para 2.032 milhões, o que afeta diretamente nas regras para a aposentadoria.

Essa explicação, feita pelo pesquisador do Centro de Crescimento Econômico do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Fernando de Holanda Barbosa Filho, é observada em relação à diminuição na taxa de natalidade. Se daqui a alguns anos, houver mais idosos aposentados do que pessoas mais novas no mercado de trabalho, o pagamento da aposentadoria para os mais velhos poderá ficar quase que impossível.

“A proporção entre os benefícios de aposentadoria e o percentual da população idosa torna o sistema insustentável. Então, a introdução de uma idade mínima é fundamental”, afirmou Barbosa Filho.

De acordo com a nova medida aplicada pelo governo federal, as mulheres terão seu beneficio de aposentadoria concedida a partir dos 62 anos e homens com 65. Agricultores rurais estão fora da proposta, que permanece as idades mínimas para as aposentadorias rurais de 55 anos para mulheres e 60 para os homens.

Além disso, outro fator que preocupa a questão da aposentadoria é o déficit na Previdência da Bahia. Segundo o coordenador de Previdência do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), Rogério Nagamine, em 2015 o prejuízo era de 6,5% e 13% da Receita Corrente Líquida, que é a acúmulo das despesas tributárias de um governo.

Para ele, áreas relevantes poderão deixar de receber investimentos do governo, caso esses números continuem. “Os problemas relacionados às despesas e oferecem risco de atraso de pagamento, como também acaba diminuindo o passo para outros gastos sociais, como na em infraestrutura”, alerta.

Read More...

BA

Doença misteriosa causa queda na venda de peixes em Salvador

A hipótese de que o consumo de peixe vem causando uma doença misteriosa em Salvador provocou uma redução de quase 70% nas vendas de pescado, principalmente no litoral Norte, região de praias famosas e bem frequentadas neste verão.

A informação é da Federação dos Pescadores e Aquicultores do Estado da Bahia (Fapesba), que emitiu, nesta quarta-feira (21), uma nota onde “condena o boato” de que a causa da doença é o pescado em geral.

Segundo o presidente da Fapesba, Raimundo Costa, os boatos alimentam o pânico na população, que deixa de consumir peixes e causa impacto na renda dos trabalhadores que têm a pesca como fonte de renda, sobretudo, no período da alta estação, que começa agora em dezembro.

“Nós já estamos passando por uma crise financeira nacional, e essa informação em plena véspera de Natal, Ano Novo, chegada do verão e o fluxo de turismo aumentando, impacta qualquer comércio ligado ao pescado. Isso interferiu na economia dos trabalhadores e na economia do estado também, sobretudo, de Salvador”, argumenta.

Dores musculares e febre

Até ontem (20), a Secretaria de Saúde da Bahia havia notificado 22 pessoas com fortes dores musculares, sem relatos de dores de cabeça ou febre e com identificação de urina preta , além de insuficiência renal em alguns pacientes.

A Fapesba destacou, na nota de hoje, que os casos registrados estão sendo investigados pelo Laboratório de Virologia da Universidade Federal da Bahia, que identificou a presença de vírus nas amostras de sangue dos pacientes.

O pesquisador do laboratório, Gúbio Soares, disse à Agência Brasil que as causas dos sintomas devem ser confirmadas até o fim do ano. Ele opinou que a associação da doença ao consumo de peixes é precoce, argumento utilizado, também, pela Fapesb.

Ao fim da nota, a Federação dos Pescadores diz que a população é advertida sobre o consumo de peixes, que não apresentam riscos comprovados, quando manuseados e conservados de forma higiênica e adequada. O texto reitera a importância de se comer peixes e acrescenta que “sua vulnerabilidade à contaminação é a mesma de qualquer outro alimento”.

Da Agência Brasil

Read More...

BA

Enel inicia obras de complexo eólico na Bahia

(ANSA) – A Enel Green Power, subsidiária da estatal italiana de energia Enel, iniciou a construção do complexo de parques eólicos de Morro do Chapéu Sul, situado nos municípios de Morro do Chapéu e Cafarnaum, na Bahia.

O grupo investirá cerca de US$ 380 milhões no projeto, que terá capacidade instalada de 172 MW e será formado por seis usinas. Quando entrar em funcionamento, no segundo semestre de 2018, o complexo fornecerá energia para 320 mil famílias brasileiras, evitando a emissão de 225 mil toneladas de CO2 por ano.

“Estamos felizes em anunciar o início dos trabalhos para a construção de Morro do Chapéu Sul. Com o início desse importante grupo de projetos em uma área rica em recursos eólicos, nos confirmamos como um player estratégico e confiável que contribui para o desenvolvimento sustentável de todo o setor energético brasileiro”, declarou o responsável pela Enel Green Power no país, Carlo Zorzoli.

Além dos investimentos no setor eólico, a empresa italiana já opera o maior complexo de energia solar do Brasil, em Bom Jesus da Lapa, também na Bahia, e está construindo outras duas usinas fotovoltaicas no Nordeste.

Read More...