Destaques, Futebol Potiguar

CBF define data do próximo jogo do América-RN na Série D

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) definiu nesta segunda-feira, dia 24 de junho, as datas dos dois confrontos do América-RN contra a Jacuipense-BA, válidos pelas oitavas de final da Série D do Campeonato Brasileiro. Por ter melhor campanha, o time baiano terá o mando de campo no jogo da volta.

Confira:

JOGO 1 (ida)

  • América-RN x Jacuipense-BA
  • Domingo (30 de junho), 17h, Arena das Dunas, Natal/RN

JOGO 2 (volta)

  • Jacuipense-BA x América-RN
  • Domingo (7 de julho), 15h, Estádio Eliel Martins, Riachão do Jacuípe/BA

Por se tratar de um jogo decisivo, é esperado um público superior aos 18 mil pagantes. Em breve, traremos mais detalhes sobre ingressos, valores e início das vendas.

Read More...

Copa América 2019

Chile x Uruguai ao vivo – onde assistir? escalações e mais

Chile e Uruguai se enfrentam às 20h desta segunda-feira (24) no Maracanã pela última rodada do Grupo C da Copa América 2019. O duelo colocará frente a frente as únicas seleções campeãs da Copa América na década em que vivemos: o atual bicampeão Chile (que venceu em 2015 e 2016) e o Uruguai (que levantou a taça em 2011). Eles vão a campo para saber qual dos dois vai ficar com a primeira posição da chave.

Para a partida de hoje o técnico Reinaldo Rueda não sabe se terá a dupla Vidal e Sánchez, que sofre com problemas físicos. O volante do Barcelona tem dores na perna esquerda, e o atacante do Manchester United, no tornozelo esquerdo. Na coletiva que antecedeu o duelo, o comandante não soube dizer se os jogadores teriam condições de ir a campo. Eles são, portanto, as dúvidas na escalação.

Já o Uruguai deverá promover duas mudanças na equipe com relação ao empate com o Japão na rodada passada. Tudo indica que Arrascaeta, do Flamengo, seja titular. Só não se sabe no lugar de quem: Lodeiro ou Nández. Além disso, com Laxalt machucado, o treinador vai escalar o Uruguai com González na lateral-direita e Cáceres na lateral-esquerda.

Onde assistir ao vivo?

O jogo entre Chile e Uruguai terá transmissão ao vivo do SporTV, com narração de Gustavo Villani e comentários de Muricy Ramalho (e Paulo Cesar Oliveira na Central do Apito).

Escalações

Provável time do Chile: Arias; Isla, Medel, Maripan e Beausejour; Pulgar, Aránguiz e Vidal; Fuenzalida, Vargas e Alexis Sánchez.

Provável time do Uruguai: Muslera; González, Giménez, Godín e Cáceres; Bentancur, Torreira (Valverde), Nandez (Lodeiro) e Arrascaeta; Cavani e Suárez.

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro
Data e hora: segunda-feira (24/06), às 20h (horário de Brasília)
Arbitragem: Raphael Claus (BRA) apita a partida, auxiliado pelos também brasileiros Marcelo Van Gasse e Kléber Lucio Gil. O quarto árbitro será Mario Diaz de Vivar (PAR). Wilton Pereira Sampaio é o chefe da equipe de VAR, com Arnaldo Samaniego (PAR) e Ezequiel Brailovsky (ARG) como auxiliares.
Transmissão: ao vivo no SporTV, com narração de Gustavo Villani e comentários de Muricy Ramalho (e Paulo Cesar Oliveira na Central do Apito). O GloboEsporte.com acompanha em tempo real, com vídeos.

Read More...

Destaques, Futebol Potiguar

América-RN bate xará pernambucano e avança no Campeonato Brasileiro

A Arena das Dunas foi palco de mais um triunfo do América-RN. Com gols de Richard (contra) e Adriano Pardal, o time rubro venceu o América-PE por 2 a 0 e garantiu classificação à terceira fase do Campeonato Brasileiro. O placar, no agregado, ficou em 2 a 1 já que no primeiro confronto, os pernambucanos haviam vencido por 1 a 0.

O adversário do time rubro nas oitavas de final do Brasileirão será a Jacuipense-BA, com o primeiro jogo sendo disputado no próximo final de semana, em Natal.

Primeiro tempo

O América-RN teve o início que queria: marcou um gol no primeiro minuto e, dessa forma, tiraria a vantagem do rival no primeiro jogo. Mas o árbitro anulou o lance alegando saída de bola de Roger Gaúcho. Com a necessidade da vitória, a tônica do jogo seguiu a mesma: o time de Natal apertava e o de Recife se defendia. Foi assim durante todo o primeiro tempo. Adriano Pardal perdeu, aos 8, uma grande chance de cabeça e Jean Patric colocou uma bola na trave, além de exigir uma grande defesa de Renan. No entanto, o que mais chamou a atenção foi que o América-RN, que precisava do resultado, se afobou durante a primeira etapa e teve muita pressa. Assim, passou a cruzar desesperadamente dentro da área e teve facilmente as bolas cortadas – forma bem diferente de jogo que apresentou durante a primeira fase.

Segundo tempo

A conversa no vestiário funcionou e o América-RN voltou jogando com a bola no pé. E essa paciência deu resultado logo cedo. Aos 5 min, Roger Gaúcho cruzou forte para o meio da área, o goleiro Renan rebateu para o centro e o zagueiro Richard jogou contra o próprio gol. O resultado colocava o jogo nos pênaltis, mas o América-RN seguiu pressionando. Pardal perdeu um lance na cara do goleiro Renan. Na segunda chance, ele não desperdiçou. Jean Patric cruzou e Pardal acertou cabeçada forte para fazer o segundo, que representava o gol da classificação. O América-PE, que se segurava e fazia grande cera, precisou sair e deu espaços para alguns contra-ataques do time da casa, que não conseguia aproveitar. Paulo Renê teve uma chance incrível no fim do jogo, tentou driblar o goleiro Renan, que fez a defesa. Paulo Renê ainda marcou de cabeça, mas o árbitro marcou falta nele antes da bola entrar.

Público e renda

Público total: 9.618 torcedores (pagantes: 9.517 / não pagantes: 101)

Renda: R$ 154.856

Read More...

Destaques, Futebol

Brasil perde para França na prorrogação e dá adeus à Copa do Mundo

(ANSA) – Em um jogo dramático na cidade de Le Havre, a anfitriã França venceu o Brasil na prorrogação neste domingo (23), por 2 a 1, e avançou de fase na Copa do Mundo feminina.

Brasil e França realizaram um primeiro tempo equilibrado em Le Havre. Aos oito minutos, Marta até tentou com um chute de fora da área, mas a bola passou perto do gol defendido pela goleira Sarah Bouhaddi.

As donas casa chegaram perto da meta brasileira também com um arremate de longe, mas o chute de Amandine Henry saiu por cima do gol.

O grande momento da etapa inicial aconteceu aos 22 minutos. Kadidiatou Diani cruzou dentro da área, Valerie Gauvin dividiu com a goleiro Barbara e a bola entrou na meta do Brasil. No entanto, o tento foi anulado pelo árbitro assistente de vídeo (VAR), já que a francesa usou o braço para marcar o gol.

Já no finalzinho do primeiro tempo, Cristiane teve uma chance clara de gol para o Brasil, mas o chute foi defendido com o pé por Bouhaddi.

Na etapa final, a França conseguiu marcar o primeiro aos seis minutos. Em uma bobeada da defesa brasileira, Diani passou de Tamires e cruzou rasteiro, Barbara não conseguiu segurar e Gauvin tocou para o fundo da rede.

O Brasil não se abateu e logo na sequência, a atacante Cristiane acertou o travessão em um arremate de cabeça. Já aos 18 minutos, após um cruzamento dentro da área, Thaísa aproveitou a sobra de bola e chutou firme no cantinho da goleira francesa.

As duas seleções criaram algumas oportunidades, mas ninguém conseguiu aproveitar para tirar a igualdade do placar e evitar que o jogo fosse para prorrogação.

O clima tenso em Le Havre continuou e a França pressionou o Brasil. No entanto, a melhor chance da primeira etapa da prorrogação foi das visitantes. Debinha recebeu um lançamento e saiu na frente do gol, mas o gol da brasileira foi evitado em cima da linha pela defensora francesa.

O gol perdido pelo Brasil fez falta na segunda etapa da prorrogação. Logo no início, Majri cobrou uma falta dentro da área brasileira e encontrou Henry livre para recolocar a França na frente do placar.

A seleção brasileira lutou até o final, mas não conseguiu evitar a classificação da França para as quartas de final da competição.

Na próxima fase, as anfitriãs pegarão a vencedora da partida entre Estados Unidos e Espanha.

Read More...

Copa América 2019, Destaques

Colômbia vence Paraguai e garante 100% de aproveitamento na Copa América

A Colômbia derrotou neste domingo (23) o Paraguai por 1 a 0 em jogo disputado na Fonte Nova. Com a vitória, válida pela 3ª rodada do grupo B, os colombianos garantiram 100% de aproveitamento na primeira fase da Copa América.

Mesmo já classificada, e com muitas caras novas, a Colômbia jogou melhor desde o início, apostando na velocidade de seus jogadores e nas jogadas pelas pontas.

Em uma destas jogadas, aos 27 minutos, Falcão tenta uma linda bicicleta após a bolar sobrar na área do Paraguai, mas ele finaliza para fora.

Mas, aos 30 minutos, a Colômbia consegue abrir o placar. O lateral Arias toca para Cuellar, que chuta cruzado, entre as pernas de Gatito.

No segundo tempo, a dinâmica não muda muito, uma Colômbia superior ao Paraguai dominando as ações. E esse domínio ficou mais acentuado após a entrada do meia James Rodríguez no lugar de Cuadrado.

Aos 23 minutos, o camisa 10 da seleção colombiana brilha ao dar um passe de 3 dedos para Luis Díaz, que chutou para o fundo das redes adversárias. Porém, o VAR (árbitro de vídeo) chama o juiz de campo para informar que houve um toque de mão do atacante. E com isso o gol é anulado.

Aos 45 minutos do segundo tempo, Díaz cai na área após carrinho de Gustavo Gómez. O juiz marca inicialmente pênalti. Mas, após análise do VAR, o pênalti é anulado.

Com isso, a Colômbia vence por 1 a 0, garantindo 100% de aproveitamento na primeira fase. Já o Paraguai ainda não sabe se estará presenta nas quartas de final da Copa América como um dos melhores terceiros colocados. Terá que aguardar até o final da terceira rodada do grupo C.

Read More...