Destaques, Dicas de Saúde, Saúde

Déficit nutricional pode comprometer a visão no médio prazo

Pesquisadores da Universidade de Bristol, no Reino Unido, se depararam com um caso raro na Medicina: um rapaz de 17 anos com perda de visão sem causa aparente. Depois de muita investigação, chegaram à conclusão de que, embora o jovem tivesse peso e altura compatíveis com sua faixa etária, o excesso de alimentação com baixo ou nenhum valor nutricional – o que inclui frituras, salgadinhos industrializados, biscoitos e fast-food – foi responsável pela neuropatia óptica desenvolvida ao longo de vários anos.

A neuropatia óptica nutricional é uma disfunção do nervo óptico que pode ser revertida se diagnosticada e tratada precocemente, incluindo uma mudança radical nos hábitos alimentares do paciente. Quando não tratada, pode levar a danos estruturais permanentes no nervo óptico e cegueira. No Reino Unido, assim como nos demais países desenvolvidos, as causas mais comuns desse tipo de comprometimento da visão são graves problemas intestinais ou medicamentos que interferem na absorção de vários nutrientes importantes. Os testes mostraram que o paciente apresentava deficiência de vitamina B12, baixos níveis de cobre e selênio, alto nível de zinco e baixíssimo nível de vitamina D.

Na opinião da coordenadora do estudo, a médica oftalmologista Denize Atan, este caso demonstra que avaliar apenas a quantidade calórica ingerida pelo paciente ou ainda seu IMC não é suficiente para conhecer o status nutricional de uma pessoa. “Nossa visão exerce um papel tão importante na qualidade de vida, educação, emprego, vida social e saúde mental, que precisamos cuidar bem dela”. Quem compartilha esse posicionamento é o oftalmologista brasileiro Renato Neves, diretor-presidente do Eye Care Hospital de Olhos, em São Paulo. “Ter hábitos saudáveis, como comer e dormir bem, além de não fumar e se hidratar sempre, é meio caminho andado para ter boa saúde ocular”.

De acordo com o médico, a dieta mediterrânea é um modelo nutricional ao qual os brasileiros com ascendência italiana ou grega estão razoavelmente familiarizados e que faz muito bem à visão. “Os alimentos tradicionalmente mais consumidos incluem cereais, frutas, legumes, azeite, peixes e nozes. Carne e derivados de leite são consumidos em pouca quantidade. Já o vinho e o suco de uva integral são altamente recomendados, mas em doses moderadas. Existem variantes dessa dieta que são contribuições de outros países banhados pelo Mediterrâneo, como França, Espanha, Portugal, Marrocos, Turquia etc. Tudo vai depender da produção agrícola e de fatores culturais e religiosos”.

Foto: Reprodução / SD oftalmologia

Estudo realizado em Coimbra (Portugal) revelou que esse tipo de alimentação pode efetivamente reduzir o risco de degeneração macular relacionada à idade (DMRI). Neves afirma que somente essa doença ocular acomete quase 30% dos pacientes acima dos 75 anos. “É importante se comprometer com a diminuição da ingestão de carboidratos, alimentos gordurosos, carne vermelha, embutidos, açúcar e sal. Também é fundamental acrescentar mais peixes às refeições, principalmente salmão, atum, sardinha e bacalhau – que são ricos em Omega-3. Aumentar a ingestão de vitaminas, minerais, proteínas saudáveis e luteína traz vários benefícios para a saúde ocular e para a saúde em geral. Alimentos antioxidantes combatem o envelhecimento precoce e ainda doenças como degeneração macular, catarata e olho seco. Sendo assim, vale a pena ingerir mais frutas de várias cores e verduras de tonalidade verde-escuro (espinafre, couve e brócolis), já que contêm antioxidantes que protegem os olhos, reduzindo os danos provocados pelos radicais livres”.

O oftalmologista aproveita para “viralizar” uma receita. “A salada para enxergar bem deve acompanhar um salmão ou atum grelhado durante as refeições e leva um maço de espinafre cortado, seis folhas frescas de alface, duas cenouras raladas, uma berinjela pequena levemente cozida e cortada em cubos, um maço de brócolis, cubinhos de pimentão sem pele (amarelo, verde e vermelho), seis unidades de couve-de-bruxelas, sementes de linhaça dourada e castanhas-do-pará trituradas. Esses ingredientes são ricos em nutrientes importantes para a visão e a salada pode ser temperada com um molho igualmente especial, que leva óleo de canola, suco de limão, vinagre de maçã, mostarda de Dijon, um filé de anchova ralado, uma gema de ovo e queijo parmesão. Trata-se de uma refeição excelente não só para os dias quentes, mas para o ano inteiro”.

Read More...

Destaques, Economia, Negócios

Dólar fecha no maior valor desde criação do Plano Real

Em um dia de oscilações no mercado financeiro, a moeda norte-americana teve uma pequena alta e fechou no maior valor da história. O dólar comercial encerrou esta segunda-feira (18) vendido a R$ 4,206, com alta de R$ 0,013 (0,3%). Esse foi o maior valor nominal, sem considerar a inflação, desde a criação do real, em julho de 1994.

O dólar operou todo o dia próximo da estabilidade. Apesar de estar em baixa ao longo de quase toda a sessão, a cotação reverteu a tendência na hora final de negociação, até fechar próxima da máxima. A moeda acumula valorização de 4,91% no mês. O euro comercial fechou em R$ 4,66, com alta de 0,46%, também no maior nível da história.

Bolsa

No mercado de ações, o dia também foi marcado pela instabilidade. O índice Ibovespa, da B3, fechou o dia em baixa de 0,27%, aos 106.269 pontos. O indicador operou em alta durante quase toda a sessão, mas, assim como o dólar, reverteu a tendência na última hora de negociação e passou a cair.

Nos últimos dias, o mercado financeiro tem sido afetado pelas turbulências em países da América Latina. Diversos países da região enfrentam problemas políticos, que pressionam investidores estrangeiros. As incertezas em relação ao fechamento de um acordo entre Estados Unidos e China, que enfrentam tensões comerciais, também têm contribuído para a instabilidade nos mercados globais. Principalmente depois de declarações de autoridades chinesas de que um acordo está cada vez mais difícil.

*Com informações da PBS, televisão pública dos Estados Unidos

Read More...

Agenda Cultural, Destaques

Cavaleiros do Forró celebra 18 anos com gravação de DVD na Arena das Dunas

A banda potiguar Cavaleiros do Forró está celebrando 18 anos de carreira, e a comemoração será em grande estilo, nesta quarta-feira (20), véspera de feriado, na Arena das Dunas. No show, a banda que ao longo desses anos vem levando a cultura do nosso estado para todo o Brasil, gravará o seu 9º DVD oficial.

“Há 15 anos, nesta mesma data gravamos nosso 1º DVD, que incluiu imagens de Natal e foi considerado pelos órgãos de turismo como a maior divulgação espontânea da nossa cidade, nos anos de 2005 e 2006. Este novo DVD promete superar a marca de 50 milhões de visualizações, trazendo novamente destaque cultural e turístico para a nossa querida cidade.”

O show será aberto ao público, dando a oportunidade para que todos os fãs possam celebrar junto com a banda, e para aqueles que desejarem há a venda de ingressos limitados para a área vip.

A noite especial contará com a participação de diversos artistas nacionais: Raí Saia Rodada, Calcinha Preta, Dorgival Dantas, Banda Magníficos, Edson e Batista Lima, Zé Cantor, Circuito Musical, Brasas do Forró, Mara Pavanelly, Rita de Cássia e Bonde do Brasil.

Outro destaque será a volta do ballet, com os bailarinos que marcaram outros DVDs da banda: Wanessa Lima, Danusa Costa, Leiliane Cavalvante, Dennis Albuquerque, Verusa Silva, Riva Queiroz, Paulo Valenssa, Marcílio Lima e Vivi Santos.

Serviço

GRAVAÇÃO DO DVD CAVALEIROS INESQUECÍVEL

  • Dia 20 de novembro, quarta-feira (véspera de feriado), às 20h30.
  • Local: Arena das Dunas
  • Abertura dos portões: 18h
  • Acesso Gratuito
  • Acesso: Portão P2
  • Área Vip
  • Vendas nas lojas Ecológica e no site www.bilhetecerto.com.br
  • Acesso: Portão P3

Read More...

Destaques, Educação

Fui mal no Enem 2019, e agora?

Com a divulgação dos gabaritos oficiais do Enem 2019, não é possível saber qual é a nota final, no entanto, dá para se ter uma ideia de como foi o desempenho geral na prova. Se com a correção dos Cadernos de Questões você deu aquela desanimada porque acha que o rendimento não foi conforme o esperado, não precisa se desesperar e nem ter que esperar a próxima edição do Exame Nacional do Ensino Médio para pensar em ingressar na faculdade.

Antes de tomar qualquer decisão, é importante aguardar pacientemente o resultado final que será divulgado em janeiro de 2020 com data ainda a ser confirmada pelo Instituto Nacional de Pesquisas e Estudos Educacionais Anísio Teixeira (Inep), pois pode ser que você se surpreenda com o a nota e ainda haja chances de tentar uma vaga na graduação. Mas, se a ansiedade falar mais alto é bom garantir uma segunda opção, e para isso, separamos uma dica especial, confira abaixo.

Bolsas de estudo para graduação

As bolsas de estudo para cursos de graduação são uma possibilidade de fazer com o que as mensalidades de uma faculdade privada caibam no orçamento familiar. O Educa Mais Brasil é um programa de iniciativa privada que atua em todo território nacional, e em seu site são ofertados descontos de até 70% para diversas instituições de ensino superior do país. Sem necessidade de fazer as provas do Enem, para ter acesso ao benefício basta acessar a página do programa e fazer a inscrição gratuita (clique aqui).

Read More...

Destaques, Negócios, RN

Governadora destaca potencialidades do RN a grupo de 40 empresários franceses

Os governadores do Nordeste iniciaram, nesta segunda-feira (18), a missão na Europa. Durante evento em Paris, o grupo apresentou a 40 empresários franceses um mapa de oportunidades de investimentos no Nordeste. Os empresários também puderam esclarecer dúvidas com os governadores e alguns apresentaram atuações que já possuem no Brasil.

Essa é a primeira articulação internacional do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste (Consórcio Nordeste). Para ampliar o fluxo de negócios com investidores europeus e fortalecer as relações de cooperação, o consórcio destaca o potencial de consumo e de desenvolvimento da região nordestina, que reúne 57,1 milhões de habitantes e tem um Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 898,1 bilhões, equivalente a 14% do PIB brasileiro.

A governadora Fátima Bezerra destacou as potencialidades do estado potiguar. “O RN lidera o ranking de energia eólica no país, a riqueza em petróleo, o sal, os minérios, além do grande potencial turístico. Saímos daqui com uma data para a realização de um próximo encontro no Brasil a fim de continuarmos as tratativas aqui iniciadas. Quero que elas resultem em investimentos para o nosso Estado, trazendo o que o povo mais precisa: emprego e renda”, disse. Ela ainda reiterou que almeja “um estado produtivo, inclusivo, onde se possa avançar no sentido de garantir melhorias, qualidade e acesso dos serviços públicos que são prestados à população.”

Na viagem à Europa, o objetivo dos governadores é atrair recursos para áreas integradoras, como sustentabilidade, infraestrutura, turismo, saúde, segurança pública, saneamento e energias limpas, inclusive com a perspectiva de abertura de parcerias público-privadas (PPP).

“A nossa vinda foi apresentar o mapa de oportunidades, dizer o quanto a região Nordeste está pronta para o crescimento destacando, inclusive, o potencial de riquezas naturais que nós temos”, acrescentou a governadora do RN. Ela pontuou também a prioridade ao quesito conectividade, frisando que a nossa sociedade é digitalizada e que necessita de atenção especial. “Precisamos dotar a nossa região e os nossos estados com infovias que garantam a conexão com a internet e de boa qualidade. Reforçamos também as prioridades nas questões da agricultura familiar, do saneamento, do tratamento dos resíduos sólidos e do esgoto sanitário. Temos ainda um déficit imenso nessas áreas e temos como desenvolver excelentes parcerias para que possamos avançar nessas direções”, disse.

O governador da Bahia e presidente do Consórcio Nordeste, Rui Costa, mostrou aos franceses as oportunidades em segmentos como energia, conectividade, segurança, além da preservação de rios e nascentes. “Queremos com essa visita aumentar os números de nossa relação comercial com a Europa. O Nordeste é a região do Brasil que tem crescido acima da média. Temos 33 projetos para licitar em PPPs, representando R$ 27 bilhões em investimentos”.

O diretor geral do tesouro francês, Cristophe Bories, disse que “a França investe mais no Brasil do que na China. O Nordeste é uma região que tem três vezes a superfície da França e tem desafios e oportunidades para nossas empresas. As autoridades francesas estão mobilizadas para apoiar projetos no Brasil através de financiamentos. Podemos fazer vários tipos de cooperação entre a França e os estados do Nordeste”.

Para Luis Cesar Gasser, representante do Itamaraty presente na reunião, o Governo Federal vê muito potencial nessa parceria do Nordeste com a Europa e está interessado em aprimorar o que for preciso para atrair mais investimentos estrangeiros.

Foto: Elisa Elsie

O membro do Movimento das Empresas da França (Medef), Gérard Wolf, se mostrou interessado em dar andamento às negociações e sugeriu uma reunião nos próximos meses em Salvador para aprofundar as discussões com as empresas francesas.

“Essa missão mostra a importância da união dos estados do Nordeste, que enfrentam desafios semelhantes, e que atuam juntos para avançar nas soluções. Estamos mostrando as potencialidades do Nordeste para o mundo em busca de novas parcerias e novas oportunidades de negócios”, comentou o governador do Ceará, Camilo Santana.

Organizado pelo Medef, o evento ocorreu na sede do Ministério da Economia e Finanças da França. Após a apresentação e conversa com os empresários, os governadores se reuniram com o ministro francês Bruno Le Maire. Além de Paris, o grupo estará em Roma, na quarta-feira (20), e em Berlim, na quinta (21) e sexta-feira (22).

Participam também da missão os governadores Rui Costa (Bahia), Renan Filho (Alagoas), Camilo Santana (Ceará), João Azevêdo (Paraíba), Paulo Câmara (Pernambuco), Wellington Dias (Piauí), assim como o vice-governador Carlos Brandão (Maranhão). O governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, não viajou por motivos de saúde e está representado na missão pelo superintendente de Parcerias Público Privadas, Oliveira Junior.

Read More...