Destaques, RN

Policiais Civis paralisam atividades na próxima quarta-feira (24)

Os Policiais Civis do Rio Grande do Norte se reuniram em Assembleia Geral e decidiram por uma paralisação de 24 horas a ser realizada na próxima quarta-feira, dia 24 de julho. A categoria, ao invés de ir para as delegacias, irá se concentrar em frente à Governadoria, no Centro Administrativo.

De acordo com o presidente do SINPOL-RN, Nilton Arruda, os Policiais Civis cobram diálogo com Governo do Estado e andamento da pauta de reivindicações. “Nós temos uma pauta e já protocolamos três ofícios solicitando reunião com a governadora Fátima Bezerra e, até agora, não tivemos resposta”, explica.

Além disso, a categoria quer que o Governo do RN implante as promoções e progressões dos Policias que estão em atraso. “Para se ter uma ideia, alguns processos estão com mais de dois anos aguardando implantação”, justifica Edilza Faustino, vice-presidente do Sindicato.

Outro ponto da pauta de reivindicações dos Policiais Civis é referente aos salários atrasados. De acordo com o SINPOL-RN, o Governo precisa definir como quitará os passivos e apresentar o planejamento para os servidores.

“Antes, havia a promessa de antecipação dos royalties para que os atrasados pudessem ser quitados. Agora, o Governo desistiu dessa antecipação. Ou seja, os servidores estão sem perspectivas e vendo suas dívidas geradas pelos atrasos se acumularem”, comenta Nilton Arruda.

A paralisação de 24 horas foi deliberada de maneira unânime entre os presentes à Assembleia Geral. Com isso, a partir das 8h da manhã de quarta-feira, todos os Policiais Civis devem se concentrar em frente à Governadoria. Apenas as delegacias de Plantão estarão em funcionamento.

“Os Policiais Civis têm atuado de maneira abnegada, prova disso são os números de prisões e apreensões de drogas no Estado. No entanto, o Governo parece desprezar essa categoria e sua importância para a sociedade. Uma polícia que trabalha precisa ser valorizada”, finaliza o presidente do SINPOL-RN.

Read More...

Destaques, Economia

PIS/Pasep: saque do abono salarial começa nesta semana; veja quem tem direito

Começa a sair na próxima quinta-feira, dia 25 de julho, os primeiros pagamentos do abono salarial do PIS/Pasep calendário 2019/2020, no valor de até um salário mínimo (998 reais), para pessoas que trabalharam com carteira assinada ou como servidores públicos em 2018.

Clientes do Banco do Brasil (que paga o abono do Pasep) têm o crédito adiantado em conta e os primeiros poderão receber a partir desta segunda-feira (22). Aqueles que possuem conta ativa na Caixa Econômica Federal começam a receber o crédito do PIS na conta na terça-feira (23).

Quem tem direito a sacar?

Tem direito ao benefício o trabalhador inscrito no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio Público (Pasep) há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente pelo menos 30 dias em 2018. Também é necessário que os dados permaneçam informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), ano-base 2018.

Os valores do abono do PIS/Pasep referentes a 2018 ficam disponíveis até 30 de junho de 2020. Todos os trabalhadores que tiverem direito e não sacarem o pagamento até esta data perdem o benefício.

O valor a ser recebido é proporcional ao tempo de serviço ao longo do ano, indo de 1/12 o valor da salário mínimo (84 reais) para quem completou um mês de serviços até o máximo de 998 reais para quem trabalhou o ano inteiro.

Calendário de pagamento do abono salarial PIS-2019/2020

Calendário de pagamento do abono salarial Pasep-2019/2020

Read More...

Câmara Municipal de Natal, Destaques

Para evitar suicídios, projeto quer instalação de proteção em pontes e viadutos de Natal

Com a intenção de evitar tentativas de suicídio, a Câmara Municipal de Natal acatou a Lei Ponte para a Vida (PL n° 235/2017) que recomenda a instalação de equipamentos de proteção nas pontes, viadutos e passarelas da capital potiguar. De autoria da vereadora Carla Dickson (PROS), o projeto chega para estabelecer a prevenção como estratégia na diminuição dos casos de suicídio e determina a colocação de equipamentos de proteção contínuos nas laterais dos equipamentos viários, que deverão constar como itens de segurança obrigatórios nas licitações.

De acordo com o texto, o descumprimento da medida implicará, no caso de pontes, passarelas e viadutos administrados por concessionárias, em sanção diária no valor de 2% sobre a arrecadação mensal da operadora responsável. A multa arrecadada deverá ser revertida para a Secretaria Municipal de Saúde a fim de ser investida em campanhas preventivas ao suicídio.

“Há circunstâncias na vida que levam alguns indivíduos a tomar atitudes extremas. As pontes, em especial a Newton Navarro, têm se tornado palco macabro de casos em que pessoas se privam do direito de viver. Os entes públicos que prestam socorro nessas situações teriam seu trabalho atenuado com a instalação de telas de proteção ou aumento de alambrado nas áreas mais críticas e propensas a suicídios. Isso posto, considero dever deste Legislativo proteger os que se encontram momentaneamente instáveis”, justificou a vereadora Carla Dickson.

O motorista Gileno Batista da Silva, de 53 anos, aprovou a iniciativa da Câmara Municipal. “As proteções vão dificultar as primeiras tentativas, podendo gerar, naqueles momentos críticos, a oportunidade para a pessoa refletir sobre a decisão. Isso atrelado aos grupos de apoio que atuam na prevenção ao suicídio, deve ajudar a salvar muitas vidas”, elogiou.

Read More...

Destaques, Empregos e Estágios

TJRN abre 60 vagas de estágio de nível técnico para o curso de Administração

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) está oferecendo 60 vagas de estágio de nível técnico para o curso de Administração. Os novos estagiários devem ser, necessariamente, alunos de instituições públicas de ensino, ou ligadas ao sistema S (Senai e Senac). A seleção será feita por intermédio do Instituto Euvaldo Lodi (IEL)

Para concorrer às vagas, os estudantes deverão entrar em contato com o IEL através do telefone (84) 988970893, além de se cadastrar no programa de estágio disponível no portal www.rn.iel.org.br/estagios. A partir do perfil de cada estudante cadastrado, o Instituto fará a seleção de acordo com a compatibilidade e necessidade de cada unidade de lotação.

As 60 vagas oferecidas estão distribuídas igualmente entre o Fórum Miguel Seabra Fagundes e o Anexo do TJRN na Ribeira (antigo Grande Hotel), sendo 30 vagas para cada local, das quais 15 para o turno da manhã (7h30 às 11h30) e 15 para o turno da tarde (13h30 às 17h30).

O contrato terá duração de 6 meses, podendo ser renovado, semestralmente, a depender da necessidade do Tribunal de Justiça.

Read More...

Destaques, RN

ITEP utiliza tecnologia de biometria para identificação de pessoas

Na última semana, um caso emblemático pôs à prova o trabalho dos peritos do Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (Itep/RN), assim como a eficácia da tecnologia de biometria empregada pelo órgão. De forma rápida e segura, o sistema fez a confirmação da presença de um suspeito na cena do crime. No final, ambos foram aprovados.

O caso foi solucionado quando as impressões digitais de um homem, encontradas na carroceria de um automóvel, permitiram a identificação do suspeito acusado de assaltos no bairro de Candelária e também de tentar assaltar um policial militar. Durante uma troca de tiros, um suspeito morreu baleado e outros dois conseguiram fugir.

Graças ao trabalho de escaneamento das impressões digitais contidas nos prontuários do RG Civil, o Estado possui um dos mais amplos e atualizados bancos de dados do país, com as informações disponíveis com exclusividade para a Secretaria de Segurança Pública.

“A segunda escalada para o bom resultado foi a incorporação do sistema Public Safety, que faz a comparação das digitais. Estamos em início de processo, fazendo ainda alguns ajustes, mas o sistema está se aperfeiçoando”, comentou Marcos José Brandão Guimarães, diretor geral do Itep/RN.

“Este caso foi bem emblemático, porque foi encontrada uma impressão digital no carro e jogada no banco de dados, que automaticamente apontou um suspeito. Antes desse sistema, a gente precisava ter uma indicação de um suspeito, para coletar as digitais e depois fazer a comparação. Isso é fantástico até para a investigação policial, porque demanda muito menos trabalho para achar um suspeito”, explica o diretor do Itep/RN.

“Ficamos muito felizes pelos resultados que o ITEP/RN vem alcançando, com o auxílio do iDS Public Safety. Desde 2017, o Estado utiliza as funcionalidades do sistema, que permitirá ainda grandes saltos na melhoria da segurança pública, pois existe um grande leque de possibilidades que a ferramenta disponibiliza”, comenta Pedro Alves, diretor de Tecnologia da Vsoft, desenvolvedora do software.

Read More...