O que pode ser feito com o e-CNPJ? Entenda se realmente vale a pena!

O que pode ser feito com o e-CNPJ? Entenda se realmente vale a pena!

O que pode ser feito com o e-CNPJ? Entenda se realmente vale a pena!

Wagner Santos julho 2, 2021 Colunas

A certificação digital foi criada com o intuito de atender uma necessidade: garantir segurança aos processos realizados pela internet. No país, os certificados digitais são uma realidade desde 2001, ano de elaboração da Medida Provisória nº 2.200-02 .

Mais especificamente, depois do dia 24 de agosto de 2001, o certificado digital passou a facilitar e otimizar o dia a dia de pessoas e empresas. Com o passar dos anos, essas tecnologias se desenvolveram e estão se popularizando. 

Em 2020, o número de certificados emitidos cresceu consideravelmente. Atualmente são mais de 6 milhões de certificações em todo o país. Em sua maioria, são os destinados para empresas.

Isso porque com o avanço da tecnologia, os empreendimentos tiveram que começar a realizar diversas atividades pela internet. Contudo, no início, a segurança dessas operações era comprometida.

Então, as empresas que querem e precisam assegurar seus dados para validar documentos pela internet, estão cada vez mais interessadas por esses certificados – dado que eles identificam a empresa no ambiente digital e validam todo e qualquer serviço realizado com sua assinatura.

Existem alguns modelos de certificados digitais diferentes para empresas. Você sabe quais são os mais indicados para o seu negócio? Cada um funciona e tem benefícios diferentes.

Desta forma, é preciso conhecê-los a fundo para não investir em certificados que não vão otimizar suas atividades. Outra questão, vale a pena obter essas certificações? Quais são suas principais utilidades? 

Entenda essas e outras questões ao longo do conteúdo. 

O e-CNPJ é o certificado digital para empresas mais conhecido e requisitado. Saiba tudo sobre essa alternativa e entenda se é o que seu negócio precisa ou não. Acompanhe!

Como os certificados digitais funcionam?

Certificado digital é um documento eletrônico que contém dados sobre a pessoa física ou, nesses casos, jurídica que o utiliza. Sua principal finalidade é a identidade virtual que confere validade jurídica e aspectos de segurança digital em transações realizadas pela internet.

O e-CNPJ, por exemplo, funciona da mesma maneira que o documento físico. Ele identifica as informações da empresa, valida documentos e a existência da sua empresa perante ao Governo. 

Com essa certificação é possível realizar as mesmas atividades que o documento físico (como emitir notas fiscais, comprar mercadorias com o nome do empreendimento, se comunicar com órgãos públicos e muito mais). 

Portanto, para algumas empresas, inclusive, o certificado digital do CNPJ é obrigatório para a realização de certas atividades. 

A obrigatoriedade é para aqueles negócios que funcionam por meio do Simples Nacional que tenham mais de 3 funcionários registrados. 

Outros certificados digitais para empresas

O NF-e é um certificado destinado à emissão de notas fiscais eletrônicas. As empresas podem emiti-lo exclusivamente para essa atividade, permitindo que apenas colaboradores selecionados os usem e emitam as notas.

É uma medida de segurança de dados e restrição ao acesso das informações do empreendimento. Existem outros e-CNPJ, destinados aos tamanhos e tipos de empresas diferentes, mas podemos dizer que contam com as mesmas finalidades.

Como os certificados digitais funcionam?

Os certificados digitais funcionam criptografando informações no navegador do computador. Ou seja, retém os dados da empresa, que também são “armazenados” na nuvem ou mídia criptografada. 

Nesse sentido, os dados ficam completamente seguros e só pode acessá-los quem tiver senhas de acesso ou o cartão de entrada. 

Com isso, as certificações confirmam a origem de e-mails, a confiabilidade na entrega de documentos eletrônicos, identifica o empreendimento no ambiente digital, codifica mensagens e outros serviços.

Portanto, existem certificados digitais tipo A1 e A3. Ao optar pela primeira opção, a certificação fica armazenada no servidor do computador do empreendedor. Já o certificado tipo A3, guarda os dados em uma mídia criptografada (como smartcards e tokens). 

Ambas são alternativas seguras e eficientes – ainda mais quando seu proprietário cadastrar senhas de acesso. 

Vale a pena contar com certificados digitais para empresas, em especial, o CNPJ?

Certificados digitais valem muito a pena para empresas, porque proporcionam segurança aos dados e operações do empreendimento – além de modernizar e otimizar processos internos, o que aumenta a produtividade das equipes. 

Nesse sentido, um grande benefício dos certificados é a redução de custos, já que essa medida ajuda a diminuir impressões de documentos para acervo de arquivos, envio de contratos, uso de papéis ou cartuchos de tinta e muito mais. 

Entretanto, com essas informações, volta a pergunta: vale a pena investir nesses documentos digitais?

Com certeza! Atualmente, mais do que uma preferência, investir em certificações como essas é uma necessidade. Ou seja, o mundo está se modernizando e é preciso garantir que a integridade e segurança dos empreendimentos estejam seguras durante os procedimentos online.

Para fazer certificados digitais é muito fácil – inclusive o e-CNPJ, que é a certificação mais usada pelas empresas. Basta procurar certificadoras confiáveis e escolher o tipo de armazenamento desejado (A1 ou A3). 

portanto, tire suas dúvidas antes de tomar essa decisão, dado que o modo de armazenagem desses documentos interfere na rotina de trabalho e como ele será usado na rotina. 

Após alguns dias, receberá seu certificado digital e poderá começar a usá-lo o quanto antes, com toda a segurança e confiança que os empreendimentos precisam para continuar crescendo!

Outros artigos