Ataques a mesquita em Bagdá deixa pelo menos cinco mortos e 22 feridos

Pelo menos cinco pessoas morreram e 22 ficaram feridas, entre elas vários integrantes das forças de segurança iraquianas, em um duplo ataque a uma mesquita xiita no sul de Bagdá (Iraque), indicaram fontes oficiais citadas pela EFE.

Segundo fontes das forças de segurança, o primeiro ataque à bomba ocorreu em um templo xiita na região de Al Yousefyia, 20 quilômetros ao sul de Bagdá.

O segundo ocorreu pouco depois da chegada de integrantes das forças de segurança ao local, quando um homem se aproximou da multidão e explodir granadas presas à sua cintura. Ambas as explosões provocaram também danos materiais na mesquita e em vários e edifícios nas proximidades.

Os xiitas representam 60% da população iraquiana. Desde 2003, os xiitas são alvo de atentados organizados por sunitas radicais, sobretudo durante as festividades religiosas. Os ataques de hoje ocorreram quando esta comunidade religiosa se preparava para comemorar os primeiros 40 dias do aniversário da morte do imã Al Hussein (assassinado no Iraque no ano 680), neto do profeta Mohamed.

Da Agência Brasil com a Agência Lusa

você pode gostar também

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!