Dos 100 casos positivos de coronavírus em Parnamirim, 31 já estão recuperados

abril 28, 2020 0 Por Rafael Nicácio
Dos 100 casos positivos de coronavírus em Parnamirim, 31 já estão recuperados

A Prefeitura de Parnamirim, por meio da Secretaria de Saúde (SESAD) divulgou nesta segunda-feira (27) mais dois casos de pacientes recentemente infectados pelo coronavírus, que obtiveram recuperação. O município informa que das 100 pessoas acometidas pelo novo coronavírus (Covid-19), até o momento, 31 já estão com a saúde restabelecida.

Além disso, um óbito foi registrado no município. Já o número de pessoas que seguem sendo tratadas (casos leves e graves), não foi informado.

Os casos mais recentes de recuperação, notificados pela secretaria, são de dois homens: um de 21 anos e outro de 31. A primeira notificação de caso recuperado foi registrada no dia 24 de março e de lá até aqui, o número só tem aumentado.

De acordo com Ana Paula Pontes, diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, todas as ações realizadas pela Prefeitura, como decretos (mesmo com boa parte da população não cumprindo), investigações de casos e principalmente a estruturação da rede básica de saúde, são fatores preponderantes para a eficácia do atendimento, manejo clínico e a consequente cura dos pacientes.

“De nada adiantaria todas essas medidas se o paciente chegasse na assistência básica de saúde e não fosse atendido da maneira correta”, destacou.

Sobre o manejo clínico, o diretor da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Nova Esperança, Henrique Costa corrobora que a estruturação das unidades de saúde realizada pela Prefeitura é um dos principais fatores para o tratamento dos pacientes.

Segundo o diretor, somente na UPA, por exemplo, várias medidas foram adotadas para melhor atender os casos decorrentes da infecção pelo novo Coronavírus. Lá, uma ala foi reestruturada para atender exclusivamente os pacientes com suspeita de contaminação pelo vírus.

A área, que conta com nove leitos recebe os pacientes que chegam à unidade com quadro de síndrome gripal respiratória. Lá, os pacientes são testados e permanecem em observação até que seja confirmada ou não a contaminação. Os pacientes que testam positivo serão encaminhados para salas de isolamento.

Além disso, a UPA recebeu ainda reforço no quadro de profissionais com a contratação de nove médicos, 10 enfermeiros e 15 técnicos de enfermagem.

As medidas não se restringem apenas à UPA, mas às demais unidades de saúde, como a UBS Suzete Cavalcanti, em Nova Parnamirim, que passou a funcionar em horário estendido e o Hospital Márcio Marinho, que em breve ganhará 31 novos leitos para internação.