Tokyo Revengers: 5 reviravoltas que marcaram o primeiro arco narrativo

Tokyo Revengers: 5 reviravoltas que marcaram o primeiro arco narrativo

Quer estejamos falando do mangá ou da adaptação animada, a obra mais comentada do momento é sem dúvida Tokyo Revengers. Com o anime agora no final do segundo grande arco narrativo, o Halloween Sangrento, vamos descobrir as cinco reviravoltas que marcaram a primeira parte.

Tokyo Revengers segue a história de Takemichi Hanagaki, um rapaz de 26 anos que não tem aspirações na vida. De volta para casa depois de seu trabalho patético, assistindo TV, ele descobre que sua namorada do ensino médio, Hinata Tachibana, está morta, após um acidente em particular. Desesperado com o que aconteceu, Takemichi fica fora de si e quando parece estar à beira da morte, ele inexplicavelmente volta no tempo com o objetivo de salvar a garota.

A primeira grande reviravolta da história é precisamente a viagem de volta no tempo. Takemichi retorna, sem motivo aparente, aos doze anos antes, quando estava no ensino médio e fazia parte de um grupo de valentões. A verdadeira virada vem quando ele conhece Naoto, irmão mais novo de Hina. Apertando sua mão, o protagonista percebe que pode mover-se à vontade entre o presente e o passado.

tokyo revengers Takemichi Hanagaki

Outra grande reviravolta na história é o desafio para Kiyomasa, um bandido que estava intimidando ele e seu grupo de amigos. Este ato de coragem rendeu-lhe a amizade e o respeito de Manjiro Sano, o respeitado e indomável líder do Tokyo Manji Gang.

Depois de alguns episódios, Toman se envolve em uma grande briga com Moebius, uma gangue criminosa rival. Durante a luta, Draken, o subcomandante de Toman e melhor amigo de Mikey, é esfaqueado. Takemichi, mais uma vez, mostra toda sua coragem e apesar de vários altos e baixos, ele consegue salvar seu amigo.

tokyo revengers Moebius

Após esta grande batalha, um dos comandantes Toman é capturado. Mikey e Draken discutem como se mover no futuro, até que cheguem a um ponto de colapso total. Apenas a intervenção de Takemichi restaura a paz entre os dois líderes e evita que Toman se divida em duas facções.

O evento final e comovente do primeiro arco de história de Tokyo Revengers é a segunda morte de Hina. Quando a missão de Takemichi e Naoto parecia bem sucedida, a situação piorou repentinamente. Algo deu errado e mesmo nessa nova linha do tempo a garota foi morta. Apesar da decepção, o protagonista não perde as esperanças, pelo contrário, encontra uma nova motivação para remediar os acontecimentos.

O que você acha da saga introdutória? E o que você espera dos próximos episódios? Continue ligado aqui no Dinastia N para mais novidades e curiosidades!

Rafael Nicácio

Rafael Nicácio

Co-fundador e redator do Dinastia, é um dos responsáveis pela administração do site. Conta com a experiência de ter atuado nas assessorias de comunicação do Governo do Estado do Rio Grande do Norte e da Universidade Federal do RN. Trabalha com administração e redação em sites desde 2013 e, atualmente, também administra a página oportaln10.com.br.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: