Naruto: A importância dos pais na obra de Masashi Kishimoto

Naruto: A importância dos pais na obra de Masashi Kishimoto
Naruto: A importância dos pais na obra de Masashi Kishimoto

Quando Masashi Kishimoto começou a publicar Naruto, certamente não poderia prever o tamanho que sua obra ganharia. Além de ser um dos mangás mais conhecidos do mundo, o sucesso do anime emocionou jovens e adultos por onde passou e parte disso vem das suas ralações paternais.

A obra é cercada por pais fantásticos, e embora o protagonista seja órfão e não tenha conhecido seus pais (pelo menos inicialmente), podemos dizer que a forma como a paternidade é explorada em Naruto, marca a trama e o coração dos fãs.

Pensando nisso, decidimos fazer uma lista com alguns dos principais pais do anime e falar mais sobre sua importância.

Iruka Umino

Para iniciarmos bem, vamos começar pelo protagonista e as figuras paternas que o cercam. Apesar de órfão, Naruto não é tão largado quanto pode parecer, ao contrário podemos destacar pelo menos três “pais” para o futuro Hokage de Konoha. E sem dúvida o primeiro deles é Iruka Sensei.

Iruka é um professor, mas o seu amor pelo jovem Naruto vai muito além da relação “profissional“. Como um pai, ele vê Naruto crescer e sua relação com o jovem ninja é profunda, sempre se preocupando com a segurança e proteção de Naruto. Na versão clássica do anime, vimos logo no primeiro episódio Iruka pronto para se sacrificar para salvar seu aluno.

Jiraiya

Um dos três Sannins Lendários, Jiraiya é sem dúvida o mais perto de um pai que Naruto teve (ou seria avô?). O “Sábio Tarado“, como é chamado na versão dublada (E sim, pagamos pau para a dublagem Brazuka) se torna Mestre de Naruto ainda na versão Clássica, mas o guia durante a transição do personagem que podemos ver em Naruto Shippuden.

Durante o duro treinamento, ele por vezes cuida de fato de Naruto e os dois formam um laço familiar muito forte, com o jovem ninja por vezes o considerando não apenas como Mestre, mas como o pai que queria ter tido.

Minato Namikaze

Durante todo o anime Naruto demostra uma profunda admiração pela figura do Hokage, posto que sonha em um dia ocupar. Em especial sua referência é justamente o Quarto Hokage, Minato Namikaze, que se sacrificou para salvar a vila do ataque da Raposa de Nove-Caudas.

Fato posteriormente descoberto na trama, trata-se de seu verdadeiro pai, que se sacrificou para salvar a vila e seu filho. Embora seja relativamente breve, o reencontro dos dois durante a Guerra Ninja é um dos momentos mais emocionantes da trama, assim como o orgulho que Naruto sente em ser filho do Lendário Raio Amarelo” de Konoha.

Hiruzen e Asuma Sarutobi

Esse é mais um laço paterno de encher os olhos. Hiruzen Sarutobi, também conhecido como Terceiro Hokage é um dos ninjas mais habilidosos de todo o anime. Embora seu posto como ninja não permita expressões e emoções tão expostas, é claro o orgulho que ele sente de seu filho Asuma Sarutobi.

Na fase clássica vimos o sacrifício do Terceiro para proteger Konoha do ataque de seu ex-discípulo Orochimaru. A perda do Hokage dói em todos da vila, mas ainda mais em Asuma perdeu não apenas seu líder, mas seu pai.

Posteriormente, o líder da equipe Ino Shika Cho e ex-membro dos Doze Guardiões Ninja, também encontra seu fim tendo sua vida literalmente ceifada pelo membro imortal da Akatsuki, Hidan (sim, caso estejam em dúvida também temos essa rixa eterna com Hidan pela morte de Asuma).

Em seu leito de morte, um dos últimos pedidos do Sensei é pela união do trio e seu ensinamento para Shikamaro o tornou um dos maiores Ninjas da Folha. Além disso, o pupilo passou a cuidada da viúva e da filha de Asuma, se tornando uma espécie de guardião da família de seu Sensei.

Maito Gai e Rock Lee

Ao contrário do que muita gente pode ter pensado inicialmente e talvez alguns pensem até hoje, Gai e Rock Lee não são de fato pai e filho. Porém, a relação entre Sensei e Pupilo é tão forte que o laço formado entre eles supera qualquer laço de sangue.

A idolatria exagerada de Rock Lee a Gai deixa por muitas vezes as aparições da dupla engraçadas, mas foi quando Rock Lee quase foi morto por Gaara que vimos o “Amor de Gai” falar mais alto. Desenganado de qualquer possibilidade de volta a vida ninja, Rock Lee assume um compromisso de não desistir e continuar tentando.

Em vias de passar por um procedimento que poderia lhe tirar a vida, Gai faz um pacto com Rock Lee de que se seu aluno morrer, ele morrerá junto. Esse extinto paterno é mais tarde justificado em um episódio filler que mostra como era a relação de Gai com seu pai, Maito Dai.

Ino Shika Cho (Original)

De tão inseparável o trio Ino Shika Cho, também se destaca coletivamente como pais. Formado por Inoichi Yamanak, Skikaku Nara e Chouza Akimichi, os três pais são não apenas um lendário trio da Folha, como pais fantásticos para Ino, Shikamaru e Chouji.

Durante alguns episódios que falam sobre a formação do trio podemos ver mais sobre a relação dos filhos com seus pais e de como eles os ajudaram na vida ninja. Porém o momento mais marcante é durante a Grande Guerra Ninja quando percebemos que Inoichi e Skikaku estão prestes a morrer e se despedem uma última vez de seus filhos e seu companheiro de equipe Chouza.

Mais Pais

Claro que uma trama tão extensa como Naruto tem muito mais relações paternas a serem exploradas, e algumas como o sacrifício do Clã Uchiha, ou as relações familiares do Clã Hyuga e tantas outras, também têm seu momento de destaque na trama. Mas esses foram os pais escolhidos para homenagear todos os outros pais Nerds e não Nerds que acompanham o Dinastia N. E em nome desses e dos pais que somos (em parte de equipe) queremos desejar a todos um feliz Dia dos Pais.

Quer receber as principais notícias do Dinastia Nerd no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Hiago Luis

Hiago Luis

Co-fundador e redator do Dinastia Nerd, é um dos responsáveis pela administração do site. Leitor de HQs, gamer, amante de cinema, séries e documentários. Que posso dizer? Mais do que apenas ler sobre histórias, sempre quis escrever as minhas próprias. Jornalista de formação e coração, busco acima de tudo contar histórias e fazer isso aumenta meu Ki, alinha meu chakra, desperta meu sétimo sentido. CDF? Nerd? Geek? Viciado em games? Sim e com muito orgulho! E enquanto existir um leitor que precise ser informado, irei em busca da notícia, pois o Batman é o que Gotham precisar!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.