Ipkissia Máskarose: No Lado Negro da mente de Darth Vader

Ipkissia Máskarose: No Lado Negro da mente de Darth Vader
Ipkissia Máskarose - No Lado Negro da Mente de Darth Vader

Há muito tempo, em uma galáxia muito, muito distante…” Essas palavras mudaram para sempre a história da ficção científica. A jornada que se iniciou em 1977 e nos envolve de corpo e alma até os dias de hoje têm vários personagens inesquecíveis, entre eles o icônico vilão Darth Vader.

Praticamente sinônimo do sucesso da franquia Star Wars, Darth Vader é sem dúvida um dos vilões mais conhecidos do mundo geek. Apesar de “líder” do Império e membro mais conhecido do Lado Negro da Força, nem sempre ele foi um vilão. Ou melhor, nem sempre Darth Vader foi Darth Vader.

Anakin Skywalker

Nascido como Anakin Skywalker, um jovem cujo o pai seria a própria Força, ele foi resgatado ainda criança pelo Mestre Jedi Qui-Gon Jinn e seu padawan, Obi Wan-Kenobi.

Jovem Anakin em Tatooine – Star Wars: Episódio I – A Ameaça Fantasma

O jovem era um escravo em Tatooine com sua mãe Shime Skywalker. Apesar de ser considerado velho para o treinamento Jedi, Anakin, que na época tinha nove anos, foi treinado para aprender a dominar a Força que existia nele.

Com grande potencial, o jovem se revelou um prodígio e após a morte de Qui-Gon Jinn, seu treinamento foi assumido por Obi Wan.

Anakin e Padmé

No início de sua vida adulta, o agora Jedi Skywalker e seu mestre assumem a missão de proteger a jovem rainha Padmé Amidala.

A missão, no entanto, permitiu a aproximação entre o Jedi e a futura Rainha. O que só se revelou ainda mais forte após a perda da mãe de Anakin. Em segredo, o jovem casal se casou, mas a união não foi tão “feliz para sempre” como esperado.

Origem de Darth Vader

A melhor musica temática

Durante a união, a gravidez de Padmé desencadeou uma série de pesadelos recorrentes em Anakin. Assustado e com medo de perder sua amada e seu futuro filho, o Jedi acabou se deixando corromper pelo Lado Negro da Força.

Assim, morria Anakin Skywalker e o mundo conhecia o Lord Sith Darth Vader, o maior vilão da história da Ficção Científica. Assim como Star Wars, Vader se tornou um símbolo de sucesso, tendo sua história representada em diversos lugares, produtos e atrações da cultura pop. Games, filmes, animações, brinquedos músicas e até itens de decoração, levam as feições do personagem de George Lucas.

OBS: O texto a seguir se atém a fatos ficcionais, e todo o seu conteúdo faz parte de um copilado de ideias e interpretações de seus autores.

O Medo

Com mais de dois metros de altura, uma respiração inconfundível e a melhor música temática da história da ficção científica, tudo em Vader tem como objetivo despertar o medo em seus inimigos e também súditos.

O “líder supremo do Império” usa de vários elementos teatrais com foco na intimidação. A necessidade de se impor, vinha não apenas pela posição que ocupava no Império, mas principalmente pela aparência frágil de seu corpo debilitado.

O ator e fisiculturista David Prowse emprestou seu porte físico ao vilão para lhe permitir parecer mais imponente.

O tamanho de Vader (2,02m), é ainda superior ao tamanho original de Anakin (1,87m), o que aumentava também o seu status visual. A respiração falha, fruto de um sistema respiratório extremamente comprometido, virou marca registrada e pavor para seus inimigos (tudo isso pensado pelo autor e produção com base em armaduras samurais; líderes e simbologias nazistas; e claro, uma aura envolta em misticismo).

Assim, o objetivo era compensar sua “fragilidade interna” e transformando sua fraqueza em força e sua força em… bem, ele já era incrível em relação a isso. No entanto, as agulhas e outros elementos do seu claustrofóbico traje, também o causavam dor e desconforto, o que ajudava a deixá-lo ainda mais irritado aumentando o seu ódio, e com isso, o poder sobre o Lado Negro da Força.

Anakin é o C#*%! Meu nome agora é Darth Vader

Anakin se volta contra a força – Star Wars: Episódio III – A Vingança dos Sith

Sim, verdade que o ódio e outros sentimentos negativos despertados dentro de Anakin criaram os alicerces para Darth Vader surgir. O primeiro grande gatilho para isso vem de sua infância como escravo. Verdade seja dita, a vida não era fácil para o jovem e sua mãe.

Assim, a oportunidade de uma vida “cheia de regras” e um treinamento extremamente duro para se tornar Jedi, pavimentariam o caminho não apenas para deixar essa vida como escravo para trás, como para salvar sua mãe daquela situação infeliz.

Essa força de vontade alimentou Anakin e permitiu a ele focar em um objetivo “altruísta“. Porém, com a morte de sua mãe e a sensação de que suas abnegações foram em vão. Dois grandes dilemas emocionais se projetaram: O rancor pelo que perdeu (sua mãe), não o permitindo experienciar o luto; e o apego ao que lhe restará (Padmé).

Privação de Sono e Pesadelos Recorrentes

Pesadelos de Anakin – Star Wars: Episódio III – A Vingança dos Sith

Ter um pesadelo é ruim, mas quando isso se torna algo recorrente é muito pior. Principalmente quando você sonha insistentemente com a mesma coisa. Atormentado pelo lado sombrio, Anakin tinha pesadelos recorrentes inicialmente com sua mãe e posteriormente com Padmé.

Após a morte de sua mãe e a lembrança dos pesadelos anteriores. Os novos pesadelos pareciam ainda mais reais que antes. Não à toa, a privação de sono e uma serie de noites atormentadas só agravariam ainda mais a situação, o que o colocava cada vez mais perto do Lado Negro da Força.

O Desejo de Liberdade

Como um Jedi, Anakin era preso as diretrizes da Força, entre elas a necessidade de suprimir seus desejos e sentimentos humanos, tais como raiva, cobiça, ganancia e mesmo vingança. Todas essas amarras que a Força lhe obrigava a manter, simplesmente não existiam do Lado Negro da Força, onde ele poderia se sentir realmente “livre” destas e outras leis que o suprimiram e a sua natureza humana.

Como Sith, ele não teria mais dilemas morais lhe impondo como agir e essa anseio por liberdade e a ideia de uma vida livre era boa demais para resistir. Principalmente para ele que teve uma infância como escravo e em sua essência ansiava mais do que tudo pela liberdade.

Darth Vader

E surge Darth Vader

Uma vez do Lado Negro da Força, o agora Dath Vader tinha conseguido frustrar em boa parte seus desejos por liberdade. Agora meio humano e meio robô, preso a uma armadura para se manter vivo, vítima de constante sofrimento e ainda assim abaixo de Darth Sidius (Palpatine), ele apenas trocou uma “gaiola” por outra.

Seus sentimentos, antes suprimidos para atender a Força, agora eram novamente enclausurados dentro de sua armadura externa e interna, já que o ódio constantes, o estado irritadiço e o Lado Negro da Força agora o controlavam, o deixando praticamente “sem emoções“.

Darth Vader e Luke

Uma das melhores e mais marcantes cenas da história de ficção científica, quando Darth Vader conta para Luke Skywalker que é seu pai

É verdade que o que traz Anakin de volta do “Lado Negro da Força” é o sentimento dele por seu filho Luke Skywalker, porém isso não ocorreu de uma hora para outra. Após descobrir a paternidade, o primeiro instinto de Vader é trazer Luke para o Lado Negro da Força.

No entanto, sua tentativa foi em vão já que o jovem Luke é um tanto o quanto mais “nobre” seu pai. Assim, ele resiste as investidas do pai e do Lado Negro, ao mesmo tempo em que reúne forças para mostrar o Jedi que se tornou e derrotar Vader.

Ainda assim, Palpatine não permitiu que Luke pudesse vencer de fato e o ataca usando o seu poder como Lord Sith. Vader então ao perceber melhor sua condição e “como se tivesse acordado de um dos seus ‘pesadelos recorrentes’“, ele se sacrifica para derrotar Palpatine e salvar Luke.

Seu ato final, no entanto, o fragilizou de maneira tal que inviabilizou sua fuga da Estrela da Morte. Mesmo com o traje, o fim está próximo a Vader que irá morrer invariavelmente. Como último desejo, ele pede a Luke que retire sua máscara e assim pode ver seu filho uma última vez, com seus próprios olhos (a máscara tinha visão térmica e infravermelha, entre outras).

Ipkissia Máskarose

Anakin reaparece com um fantasma da Força, o que só ocorre com Jedi’s

Verdade que Anakin foi Vader durante boa parte da vida, no entanto ele não morre como Sith, ao contrário sua última guinada a Força o permitiu morrer como um Jedi. Assim como sua inconstância faz parte da natureza humana presente nele e como tal é o que faz dele um caso perfeito para o Ipkissia Máskarose.

O Ipkissia Máskarose está de volta e com ele novos personagens serão explorados, sempre com uma visão detalhista e focada na psique e história de cada um deles. Com detalhes, curiosidade e o ponto de vista do time do Dinastia N. Continue conosco para mais conteúdo de Star Wars e outras franquias do universo da ficção científica.

Quer receber as principais notícias do Dinastia Nerd no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Hiago Luis

Hiago Luis

Co-fundador e redator do Dinastia Nerd, é um dos responsáveis pela administração do site. Leitor de HQs, gamer, amante de cinema, séries e documentários. Que posso dizer? Mais do que apenas ler sobre histórias, sempre quis escrever as minhas próprias. Jornalista de formação e coração, busco acima de tudo contar histórias e fazer isso aumenta meu Ki, alinha meu chakra, desperta meu sétimo sentido. CDF? Nerd? Geek? Viciado em games? Sim e com muito orgulho! E enquanto existir um leitor que precise ser informado, irei em busca da notícia, pois o Batman é o que Gotham precisar!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.