7 mangakás que sofreram uma tragédia antes de terminar seu trabalho

7 mangakás que sofreram uma tragédia antes de terminar seu trabalho

Existem mangás que se estendem por décadas e seus criadores não definem uma data para entregar o final. Logo, não se sabe quando chegará o último capítulo e os fãs ficam a deriva.

Porém, há histórias que ficaram inacabadas porque os mangakás sofreram um imprevisto no caminho e o fim que eles tinham em mente para suas criações nunca será conhecido. 😢😢😢😢

Confira nossa lista, feita com muita pesquisa, de 7 mangakás que não finalizaram suas obras por causa de tragédia pessoal:

Berserk de Kentaro Miura

Berserk de Kentaro Miura

Kentaro Miura publicou a primeira edição da Berserk em 1989 e continuou trabalhando na história até sua morte em maio de 2021, aos 54 anos, devido a uma dissecção aórtica.

A revista Young Animal anunciou que lançará uma edição final para acabar com o Berserk, mas nunca saberemos o que Miura havia planejado originalmente.

Cyborg 009 por Shotaro Ishinomori

Cyborg 009 por Shotaro Ishinomori

Shotaro Ishinomori foi um dos mangakas mais influentes da década de 70 por trabalhos como Cyborg 009, Kamen Rider ou Super Sentai, que anos depois seria adaptado aos Power Rangers.

Apesar do sucesso do Cyborg 009, o mangaká pausou a história em 1981 para dar prioridade a outros projetos, mas prometeu que em 2000 o retomaria; no entanto, Ishinomori morreu em 1998 de parada cardíaca.

HighSchool of the Dead de Daisuke Satō

HighSchool of the Dead de Daisuke Satō

HighSchool of the Dead é conhecida pelo anime de 12 episódios que foi ao ar em 2010; no entanto, a história original foi criada por Daisuke Satō, que morreu em 2017, aos 57 anos, de obstrução dos vasos sanguíneos do coração.

Satō deixou o trabalho inacabado e, embora tenha sido ilustrado por seu irmão Shouiji, o cartunista se recusou a terminá-lo devido à tristeza causada pelo mangá zumbi.

Hanza Sky de Jun Sadogawa

Hanza Sky é considerada a obra-prima de Jun Sadogawa e, embora o mangá seja considerado concluído, a publicação foi interrompida porque o mangaká se suicidou em 2013.

Os editores do Weekly Shōnen Champion terminaram a história de Amane Warm, outra obra de Sadogawa, com a permissão da família; no entanto, não foi o mesmo caso com Hanza Sky .

Getter Robo por Ken Ishikawa

Getter Robo por Ken Ishikawa

Getter Robo começou a ser publicado em 1974 e foi adaptado para uma série de anime. Embora o mangá fosse curto, Ishikawa anunciou o fim da história em um volume especial que seria intitulado Getter Robo Arc.

O mangaká morreu antes de publicar Getter Robo Arc, mas Naoto Tsushima continuou a história com esboços e notas deixadas pelo criador original.

Nana por Ai Yazawa

Nana por Ai Yazawa

Ai Yazawa foi considerada uma das melhores autoras de shojo mangá moderno, especialmente pela publicação de Nana entre 2000 e 2009. Embora a autora não tenha morrido, ela colocou seu trabalho em um hiato porque foi diagnosticada com uma doença grave e em 2010 ela relatou que não tinha certeza se pegaria as histórias novamente.

Em 2013, a mangaká fez uma postagem especial de duas páginas de Nana para a revista Shojo Beat, mas nunca encerrou formalmente a história.

Phoenix de Osamu Tezuka

Phoenix de Osamu Tezuka

Osamu Tezuka é considerado o pai ou deus do mangá devido à influência do seu trabalho na indústria japonesa com publicações como Astro Boy, Princess Knight ou Kimba the White Lion entre os anos 50 e 70.

O mangaká trabalhou durante grande parte de sua carreira em Phoenix, um mangá que ele chamou de “o trabalho de sua vida”; no entanto, ele nunca o completou, pois morreu de câncer no estômago em 1989.


E aí, curtiu essa curiosidade um tanto quanto triste? Continue ligado aqui no Dinastia N que continuaremos trazendo novidades!!!!

Rafael Nicácio

Rafael Nicácio

Co-fundador e redator do Dinastia, é um dos responsáveis pela administração do site. Conta com a experiência de ter atuado nas assessorias de comunicação do Governo do Estado do Rio Grande do Norte e da Universidade Federal do RN. Trabalha com administração e redação em sites desde 2013 e, atualmente, também administra a página oportaln10.com.br.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: