Dicas

Dicas para economizar energia ao usar o ar-condicionado

Foto: Divulgação

O ar-condicionado é um dos aparelhos mais utilizados nas residências e em ambientes profissionais, já que ele proporciona maior conforto térmico para o local, segurança às pessoas e máquinas e até contribui com a produtividade. Usado em épocas de calor ou mesmo no frio – graças à função Quente Frio –, ele pode ser encontrado com diversas capacidades e tecnologias.

Um dos grandes desafios para quem utiliza esse equipamento é conciliá-lo com o orçamento mensal destinado ao pagamento das contas de energia elétrica. Ao aliar o útil ao agradável, é possível aproveitar ao máximo os benefícios que o ar-condicionado proporciona ao seu dia a dia. Confira algumas dicas de como economizar energia mesmo com o aparelho ligado!

Capacidade ideal

Ao escolher e pesquisar por ares-condicionados, muitas pessoas optam por aqueles que têm um valor menor no mercado. É importante considerar, sobretudo, o modelo e sua capacidade, e se ele consegue atender à demanda do ambiente em que será instalado sem dificuldades.

O custo-benefício será alcançado assim, já que não vale a pena comprar um aparelho de menor preço, mas abaixo da capacidade ideal para o lugar onde será instalado. Sua eficiência ficará comprometida e o aparelho será obrigado a utilizar toda a sua potência – aumentando, consequentemente, o consumo de energia.

Manutenção preventiva

Todos os equipamentos necessitam de manutenções preventivas a fim de evitar quaisquer imprevistos ou riscos à saúde da sua família ou funcionários. No caso do ar-condicionado, não é diferente. Além de prolongar sua vida útil, fazer essa checagem com periodicidade promove maior economia de energia.

Manter filtro, entradas e saídas de ar limpos, por exemplo, reduz o consumo de energia do seu aparelho. Isso acontece porque quando ele está sujo, a circulação de ar fica comprometida e o ar-condicionado necessita de uma força maior para trabalhar de maneira adequada. E, ainda, colaboram com a saúde e impedem o desenvolvimento de problemas respiratórios.

Instalação

Apesar de ser forte e eficiente, ele é considerado bastante exigente, já que precisa ter uma instalação mais cuidadosa e em locais adequados, evitando o desperdício de energia. Quando colocado em um local inapropriado, o consumo de energia pode aumentar em até 20%.

O mais indicado é que não fique em locais muito quentes – como em paredes que não fiquem expostas ao sol, a fim de garantir que o motor não superaqueça e aumente a necessidade de energia elétrica para o bom funcionamento. O mesmo acontece quando ele fica próximo a aparelhos que emitem ondas de calor.

Uso consciente

Uma das maneiras mais eficientes de economizar energia sem deixar de utilizar o ar-condicionado é fazer o uso consciente do aparelho. Dentre as medidas para tal uso está desligar o aparelho quando for sair de casa ou do ambiente e no momento em que a temperatura estiver amena e agradável, evitando o gasto de energia desnecessário.

Isolar o ambiente é essencial, para que a troca de temperatura com os locais externos seja a menor possível. Ligar e desligar a todo o momento também pode ser prejudicial para o seu bolso, já que depois de desligado ele precisa fazer um esforço maior para resfriar o ambiente de novo. Por isso é necessário conhecer bem o aparelho, suas capacidades e limites.

Temperatura adequada

Manter o ar-condicionado sempre regulado a fim de manter a temperatura o mais confortável possível é ideal. Quanto menor a temperatura desejada, maior será o gasto de energia; portanto, é necessário controlar de maneira inteligente, sem exageros, e promover o conforto térmico do ambiente.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!). Fale conosco!

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.