Portal N10

Desemprego depois dos 50 anos: como se reinserir no mercado de trabalho

Nessa faixa etária, profissionais ficam em média 16 meses sem conseguir trabalho

A reinserção no mercado de trabalho para quem está na casa dos 50 anos não é nada fácil. De acordo com pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), pessoas nessa faixa etária ficam, em média, 16 meses sem conseguir trabalho. Jovens entre 18 e 24 anos ficam um tempo consideravelmente menor: 10 meses.

A dificuldade maior é convencer os empregadores de que pessoas mais velhas ainda são produtivas e podem fazer o mesmo trabalho igual ou até mesmo melhor do que um jovem recém-contratado. Nesse cenário, os indivíduos precisam se provar de diversas formas para a empresa ou o departamento de recursos humanos. Apesar disso, existem algumas dicas que podem ajudar esse profissional em busca de recolocação.

1 – Liste suas competências

Esse exercício vai te ajudar a saber quais são seus pontos fortes e fracos e, dessa forma, ajudá-lo a melhorar seu currículo com base nessas informações. Tal prática com certeza vai ser benéfica na hora de tentar uma nova recolocação no mercado.

2 – Não desista

Depois de tantas negativas, é natural que você se sinta desvalorizado. O importante é você não desistir e entender que tem qualidades profissionais relevantes para uma empresa. Nunca se subestime. Uma vez que você acreditar no seu potencial, será mais fácil convencer os empregadores disso. Do contrário, a tarefa se tornará ainda mais complicada.

3 – Especialize-se

Conseguir um emprego quando mais velho exige mais do que experiência: é preciso ter muito conhecimento sobre o assunto. Para alcançar esse objetivo, você pode fazer uma graduação, pós-graduação e cursos livres que complementem o seu conhecimento sobre algum tema em específico. Para tanto, você pode utilizar parte do dinheiro que tem em alguma reserva financeira. O investimento certamente é um dos melhores que você vai fazer para se reinserir no mercado.

4 – Seja flexível

Se surgir uma oportunidade em outra área de atuação, abrace essa oportunidade. Você também pode procurar atividades correlatas nas quais você sempre teve vontade de atuar. Ser flexível nesse momento da carreira é importante para voltar ao mercado de trabalho.

5 – Faça networking

Ficar um tempo longe do mercado de trabalho pode fazer com que você perca alguns contatos. Tente fazer networking nessa fase por meio de congressos, eventos e outras reuniões profissionais. Dessa forma, pode ser que você consiga um parceiro de negócio ou até uma entrevista em alguma empresa.

You might also like

Leave A Reply

Your email address will not be published.