Assembleia Legislativa do Rio Grande do NorteDestaques

Deputado sugere trocar nome da ponte Newton Navarro para “Wilma de Faria”

Para Coronel Azevedo, essa seria uma "forma de reconhecer e homenagear a ex-governadora do RN"

O deputado estadual Coronel Azevedo (PSC) apresentou projeto de lei que muda o nome da ponte Newton Navarro para ponte Wilma de Faria como forma de reconhecer e homenagear a ex-governadora do RN.

Ela, que não mediu esforços para a construção e inauguração desta obra que deu impulso no turismo e desenvolvimento da zona Norte”, destacou.

O bolsonarista Coronel Azevedo destacou a trajetória de Wilma de Faria, lembrando que ela “foi a primeira mulher prefeita de Natal, primeira mulher reeleita governadora no Brasil”, entre outros feitos.

Ainda durante pronunciamento na sessão plenária desta quinta-feira (24), o parlamentar comentou a decisão do Comando da Polícia Militar que unificou a formatura dos novos sargentos da PM. “O comando decidiu por uma formação unificada em Natal, provocando transtornos e uma série de questões que demonstram inviabilidade dessa determinação para as famílias e formandos”, disse.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Rafael Nicácio

Co-fundador dos canais Portal N10, Jerimum Geek e do Tudo em Dicas. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do Rio Grande do Norte) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN). E-mail para contato: rafael@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.