Decreto libera aulas presenciais nas escolas particulares de Natal

setembro 10, 2020 0 Por Rafael Nicácio
Decreto libera aulas presenciais nas escolas particulares de Natal

A Prefeitura do Natal publicou no Diário Oficial desta quinta-feira, 10 de setembro, um novo decreto que libera a retomada das aulas presenciais nas escolas particulares da capital potiguar. No entanto, as instituições devem cumprir uma série de regras para evitar a proliferação do coronavírus no sistema educacional da cidade.

Entre as medidas que fazem parte do protocolo das escolas para o retorno às aulas presenciais estão: medição de temperatura dos alunos na entrada da escola, disponibilização de álcool 70º, tapetes sanitizantes, sinalização de corredores, distanciamento de 1,5m das carteiras em sala de aula, divisão da turma em dois ou mais grupos e termo de responsabilidade dos pais.

Além disso, “não será admitida a entrada e circulação de pessoas no ambiente escolar sem a utilização de máscaras de proteção – inclusive familiares de alunos e colaboradores”, diz trecho do decreto (confira aqui).

Ainda de acordo com o decreto, a escola deve afastar imediatamente das atividades presenciais, por quatorze dias, o aluno ou colaborador nas seguintes situações:

a) casos confirmados da COVID-19;
b) casos suspeitos da COVID-19; ou
c) contatantes de casos confirmados da COVID-19.

De acordo com o prefeito Álvaro Dias, o protocolo criado pelas escolas particulares propõem um ensino híbrido, com aulas presenciais e à distância – possibilidade de escolha dos pais de enviarem ou não seus filhos, medidas de higiene e distanciamento social.

“O Comitê Científico Municipal aprovou por unanimidade a proposta do retorno às aulas nas instituições privadas, que já estavam se preparando para este momento. Vamos liberar a retomada das aulas mediante uma série de condicionantes que devem ser rigorosamente cumpridas pelas escolas”, destacou.

Dias ainda acrescentou: “Vamos colocar equipes para fiscalizar e, caso seja observado o descumprimento de alguma das medidas, não hesitaremos em suspender novamente as aulas. Também levaremos em consideração o número de casos e o índice de transmissibilidade da doença”.

Escolas da rede pública

Na terça-feira (8), o Governo do RN anunciou que as aulas na rede estadual só serão retomadas em 2021. O prefeito de Natal também tomou a mesma decisão.

No mesmo dia, representantes de escolas privadas realizaram um ato na Praça 7 de Setembro, na Cidade Alta, pedindo o retorno das atividades presenciais.