Bolsonaro diz que ainda hoje “bate o martelo” sobre reforma da Previdência
(Marcelo Camargo/Agência Brasil)

(ANSA) – Pesquisa divulgada pelo instituto Datafolha nesta segunda-feira (8) mostra que tanto a aprovação quanto a reprovação do governo Jair Bolsonaro oscilaram para cima desde abril.

Segundo o levantamento, 33% consideram a atual gestão “ótima ou boa”, contra os 32% da última sondagem, enquanto o índice de “ruim ou péssimo” saiu de 30% para os mesmos 33%.

Já aqueles que consideram o governo Bolsonaro regular oscilaram de 33% para 31%, enquanto os que não sabem ou não responderam saíram de 4% para 2%. A pesquisa foi realizada entre 4 e 5 de julho e ouviu 2.086 eleitores, com margem de erro de dois pontos percentuais.

De acordo com o instituto, esse é o índice mais baixo de aprovação para um presidente nos seis meses iniciais de seu primeiro mandato desde a redemocratização. O recorde negativo anterior era de Fernando Collor, com 34% de “ótimo ou bom”. Já Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff registraram índices de 40%, 42% e 49%, respectivamente.

Ainda segundo o Datafolha, 61% consideram que Bolsonaro fez pelo país “menos do que esperava”, 12%, “mais do que esperava”, e 22%, “o que esperava que ele fizesse. Apesar disso, 51% ainda esperam que Bolsonaro faça um governo “ótimo ou bom”, 21%, “regular”, e 24%, “ruim ou péssimo”.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.