DestaquesEconomia

Dados das chaves Pix de mais de 160 mil clientes foram vazados, diz BC

Este é o segundo vazamento de dados desde o lançamento do sistema de pagamento instantâneo em novembro de 2020

Cerca de 160,1 mil clientes da Acesso Soluções de Pagamento, instituição de pagamento que oferece serviços como banco digital, plataformas para aplicações financeiras e cartões recarregáveis, tiveram dados das chaves Pix vazadas, informou nesta sexta-feira (21) o Banco Central (BC). Este é o segundo vazamento de dados desde o lançamento do sistema de pagamento instantâneo em novembro de 2020.

Dados protegidos pelo sigilo bancário, como saldos, senhas e extratos, não foram expostos, e não afetou a movimentação de dinheiro.

O incidente ocorreu de 3 a 5 de dezembro e expôs dados como nomes de usuários, Cadastro Pessoal de Pessoas Físicas (CPF) números de agências e números de contas. Todos os indivíduos com informações expostas serão notificados através do aplicativo Acesso ou do internet banking da instituição.

Segundo o Banco Central, este será o único meio de comunicação para o vazamento das chaves Pix e os clientes devem ignorar formas de comunicação como telefonemas, mensagens de texto, aplicativos de mensagens e e-mail.

A exposição de dados não significa necessariamente que todas as informações foram divulgadas, mas sim que as informações foram expostas a terceiros por algum tempo e podem ter sido capturadas. O BC anunciou que o caso será investigado e sanções poderão ser impostas, como multas, suspensão ou até exclusão da Acesso do sistema Pix.

Resposta da Acesso

Por meio de nota, a Acesso Pagamentos explicou que tomou medidas para garantir a segurança dos dados. “Reforçamos que tomamos, de forma tempestiva, todas as providências necessárias para garantir a segurança das informações mantidas pela companhia e o nosso compromisso em manter o mercado e nossos parceiros informados”, informou o comunicado.

A instituição de pagamentos orientou os clientes que forem comunicados do vazamento a ficarem atentos para possíveis golpes, como envios de links para falsos sites que capturem senhas bancárias. A Acesso ressaltou que os únicos canais oficiais de comunicação são o aplicativo e o site da empresa.

Do Portal N10 com Agência Brasil

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Romário Nicácio

Administrador de Redes. Co-fundador do Portal N10 e do N10 Entretenimento. Redator de sites desde 2009, passando pelo Notícias da TV Brasileira (NTB), Blog Psafe e vários outros de temas variados. E-mail: romario@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.