Cuidado: novo golpe no WhatsApp promete celular de graça na Amazon

Cuidado: novo golpe no WhatsApp promete celular de graça na Amazon

Cuidado: novo golpe no WhatsApp promete celular de graça na Amazon

Rafael Nicácio maio 19, 2021 Destaques

Começou a circular nos grupos de WhatsApp um novo golpe que promete prêmios aos usuários que responderem a um questionário. Entre os produtos ofertados estão um celular da Xiaomi ou da Huawei como presente de aniversário pelos “30 anos da Amazon”. A loja, no entanto, foi fundada em 1994 e ainda não completou 30 anos. Para tentar ludibriar os usuários, os cibercriminosos copiam a identidade visual do site da Amazon, mas o domínio do link não é o da varejista.

Além de responder às perguntas, o link malicioso pede que o usuário o encaminhe para 20 pessoas ou cinco grupos diferentes — e monitora o envio das mensagens. O usuário é, então, redirecionado para uma página diferente, na qual, por muitas vezes, é solicitado o download de um aplicativo pago — provavelmente um arquivo malicioso com o objetivo de roubar os dados do usuário. Ao seguir o passo a passo do link, o internauta pode ainda instalar vírus no celular ou no computador.

De acordo com dados da empresa de cibersegurança da PSafe, desde o mês de abril, foram registrados mais de 50 mil bloqueios de endereços eletrônicos que ofereciam prêmios falsos e grátis da Amazon.

Segundo a diretor do laboratório de cibersegurança da PSafe, Emilio Simoni, desde 2018 existem várias URLs com a mesma temática. Esse golpe surgiu em nome de outra rede famosa nos EUA, o Walmart, e foi adaptada para a realidade brasileira.

“Essa é uma ameaça repaginada. Esse é um movimento normal dos cibercriminosos que “revivem” golpes bem-sucedidos, com pequenas mudanças. Em 2021, tivemos mais de 219 mil golpes desse tipo” – explica Emílio Simoni, diretor do dfndr lab, o laboratório de cibersegurança da PSafe.

Como se proteger de golpes no WhatsApp

1 – Tenha um bom sistema de segurança instalado no celular. Dê preferência aos aplicativos com função Bloqueio de Hackers que alertam em tempo real caso você receba ou acesse um link malicioso por meio do WhatsApp, Facebook Messenger, navegador e SMS.

2 – Jamais informe os números de verificação de SMS.

3 – Compre apenas em sites confiáveis. Evite clicar em links enviados por perfis desconhecidos e desconfie de promoções com preços muito abaixo do mercado.

4 – Não forneça dados pessoais ou bancários na internet. Cibercriminosos podem solicitar dados pessoais ou bancários às vítimas. Essas informações podem ser usadas por pessoas mal-intencionadas para aplicar os mais diversos tipos de golpe utilizando engenharia social.

5 – Na dúvida, verifique se um link é falso no site do dfndr lab. A checagem de links avisa em poucos segundos se um site pode oferecer alguma característica maliciosa.

6 – Ative a autenticação em dois fatores no WhatsApp. Ao ativar essa proteção, você cria uma senha que será uma camada extra de segurança para sua conta.

Outros artigos