Crise econômica destruiu um terço da classe média espanhola, diz pesquisa

Crise econômica destruiu um terço da classe média espanhola, diz pesquisa

Crise econômica destruiu um terço da classe média espanhola, diz pesquisa

Romário Nicácio maio 19, 2015 Mundo

(ANSA) – Em sete anos, a crise econômica eliminou um terço da classe média espanhola, de acordo com um relatório publicado nesta segunda-feira (18). O número de trabalhadores na faixa salarial intermediária caiu 35% nos últimos anos, informou a instituição financeira La Caixa, ressaltando que a parcela da população foi a mais afetada pela recessão.

Em contrapartida, o emprego de trabalhadores de alta renda manteve o mesmo nível, assim como os postos de trabalho de menor remuneração, os quais diminuíram apenas 10% entre 2008 e 2014. E é justamente na menor faixa salarial que está sendo criado a maior parte dos empregos atualmente: 60% em 2014, de acordo com a pesquisa. Hoje em dia, a taxa de desemprego na Espanha é de 23%, o que representa 5,4 milhões de pessoas sem trabalho, contra os 11% de 2008, quando a crise financeira e econômica mundial começou.

Outros artigos