DestaquesNordesteRio Grande do Norte

Consórcio Nordeste: operação da PF investiga compra de ventiladores pulmonares

Estados pagaram R$ 48 milhões à empresa Hemp Care para aquisição dos aparelhos que nunca foram entregues

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (26) a Operação Cianose, que investiga a contratação de empresa para o fornecimento de 300 ventiladores pulmonares, durante o primeiro pico da pandemia de covid-19 no Brasil, pelo Consórcio Nordeste – integrado por governos de estados da Região. O Consórcio pagou R$ 48 milhões à empresa Hemp Care para aquisição dos aparelhos.

Segundo as investigações, o processo de aquisição desses materiais teve diversas irregularidades, como o pagamento antecipado de seu valor integral, sem que houvesse no contrato qualquer garantia relativa a eventual inadimplência por parte da contratada. Ao fim, nenhum respirador foi entregue. Na época dos fatos, o Consórcio Nordeste era presidido pelo governador da Bahia, Rui Costa (PT).

Na ação, da qual auditores da Controladoria-Geral da União (CGU) também participaram, foram cumpridos 14 mandados de busca e apreensão, em quatro diferentes unidades da federação (Distrito Federal, São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia) todos expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Os investigados podem responder pelos crimes de estelionato em detrimento de entidade pública, dispensa de licitação sem observância das formalidades legais e lavagem de dinheiro.

O Portal N10 entrou em contato com a assessoria do presidente do Consórcio Nordeste, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, e aguarda resposta para complementar a reportagem.

Rio Grande do Norte

Segundo um auditoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE), o governo do Rio Grande do Norte pagou R$ 4,9 milhões pelos respiradores antes de assinar o contrato. O valor corresponde a uma cota de 45 respiradores dos 300 que seriam adquiridos pelo grupo.

Os respiradores nunca foram entregues pela Hemp Care. Em junho de 2020, a empresa suspeita de fraude e as pessoas envolvidas foram acionadas na Justiça para restituição por quebra de contrato.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Rafael Nicácio

Co-fundador dos canais Portal N10, Jerimum Geek e do Tudo em Dicas. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do Rio Grande do Norte) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN). E-mail para contato: rafael@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.