DestaquesEconomia

Consignado do Auxílio Brasil cobra ‘juros de agiotagem’, diz analista

Para ela, medida cria alívio econômico de curto prazo – que favorece apenas "os bancos e o governo na corrida eleitoral"

O governo federal sancionou na última quarta-feira (3 de agosto) uma lei que permite que beneficiários do Auxílio Brasil e de outros programas de transferência de renda, como o BPC, façam empréstimos consignados com desconto direto na fonte.

Quem recebe o Auxílio Brasil poderá comprometer até 40% do valor mensal do benefício no empréstimo com juros de até 5 % ao mês – uma medida que, segundo a especialista da GloboNews Flávia Oliveira, deve empurrar ainda mais famílias em situação de vulnerabilidade para o endividamento.

São quase juros de agiotagem a serem cobrados de famílias vulneráveis sem qualquer tipo de preparo em termos de educação financeira – e com um benefício que não é garantido que vai ser de R$ 600“, aponta a comentarista.

Para Flávia Oliveira, a intenção de liberar um empréstimo consignado para o Auxílio Brasil é a mesma do “pacote de bondades” do governo possibilitado pela PEC Kamikaze: criar um alívio econômico momentâneo para segurar a popularidade de Bolsonaro na corrida eleitoral às custas de uma “desproteção quase estrutural” das famílias contempladas.

No futuro, quem ganha? Os bancos ganham. O governo, eleitoralmente. Mas a população não [ganha] necessariamente. Famílias em situação de vulnerabilidade precisam de assistência social, e não de empréstimo bancário“.

Riscos de pegar um empréstimo consignado

Se um beneficiário do Auxílio Brasil contratar um empréstimo consignado, ele vai comprometer até R$ 160 dos seus ganhos mensais durante dois anos para pegar um empréstimo de cerca de R$ 2 mil. Até dezembro, sua renda será de R$ 440. Em 2023, quando não há previsão de pagamento dos R$ 200 complementares, a renda cairá para R$ 240. No consignado, o desconto acontece direto na fonte, ou seja, o banco recebe os R$ 160 diretamente do governo, sem que o dinheiro passe pele beneficiário.

As pessoas que buscam esse tipo de empréstimo agem por vezes por impulso, sem entender que isso terá reflexo na redução dos ganhos nos meses sequentes. Assim, se as pessoas não tinham condições de manter as finanças em ordem com o valor completo, com essa redução a situação se tornará ainda mais complexa“, alerta o presidente da Associação Brasileira de Profissionais de Educação Financeira (ABEFIN), Reinaldo Domingos

Na prática, o risco é, além de contrair uma dívida, ficar sem dinheiro suficiente mensalmente para arcar com os demais custos da família. “Para quem quer tomar o empréstimo consignado, antes mesmo de assinar o contrato com a instituição financeira, é importante fazer uma boa reflexão e analisar se este valor que será descontado diretamente no salário ou benefício não fará falta para os compromissos essenciais mensais“, orienta Domingos.

Vale a pena contratar um empréstimo consignado?

Para que a concessão do consignado não acabe colocando as famílias beneficiárias do Auxílio Brasil em uma situação ainda mais difícil, é necessário tomar alguns cuidados. A seguir, confira orientações de Domingos antes de contratar o empréstimo:

Conheça sua real situação financeira antes de tomar qualquer crédito, fazendo um diagnóstico financeiro, descobrindo para onde vai cada centavo do dinheiro durante o mês e registrando as dívidas caso existam;

Tenha consciência de que o custo de vida deverá ser reduzido em até 45% do ganho mensal, isto porque a contratação do consignado reduzirá o seu ganho mensal diretamente em seu salário ou benefício;

Tome cuidado para não contrair uma dívida pensando em pagar outra. A opção do empréstimo consignado é muito usada para quitação de cheque especial, cartão de crédito e financeiras, porém a troca simplesmente de um credor por outro, sem descobrir a causa do verdadeiro problema, apenas alimentará o ciclo do endividamento;

Saiba para qual fim o dinheiro será usado. A linha de empréstimo deve ser usada de forma pontual e ter um objetivo relevante;

Se for contratar um empréstimo consignado, negocie junto aos bancos. A cada ano, os juros sobem e representam uma grande parcela do valor total emprestado.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Rafael Nicácio

Co-fundador dos canais Portal N10, Jerimum Geek e do Tudo em Dicas. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do Rio Grande do Norte) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN). E-mail para contato: rafael@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.