DestaquesMundo Pet

Com que frequência devo alimentar meu cachorro durante o dia?

Cada cão é diferente e, dependendo de fatores como raça, tamanho, idade e saúde, suas necessidades alimentares específicas também podem ser diferentes, incluindo o que você deve alimentá-los e em que quantidade

Quem papai/mamãe de doguinho sabe muito bem que a maioria deles parece estar com fome 24 horas por dia. Não importa quando você oferece algo a ele, nunca, a menos que seja ruim, ele o rejeitará. Sendo esse o caso, com que frequência devemos alimentá-los? A ciência oferece uma resposta surpreendente para muitos.

O novo estudo avaliou mais de 10.000 cães para encontrar a combinação perfeita entre nutrição e saúde canina, e os resultados, como dizemos, certamente surpreenderão aqueles donos que costumam alimentar seu animal de estimação várias vezes ao dia como se fosse um humano.

E, de acordo com a pesquisa, cães adultos que se alimentam apenas uma vez por dia tendem a pontuar significativamente melhor em vários indicadores de saúde, em comparação com cães que se alimentam com mais frequência. De acordo com a pesquisadora de saúde canina Emily Bray, da Universidade do Arizona:

Controlando por sexo, idade, raça e outros fatores potenciais, descobrimos que os cães alimentados uma vez ao dia, em vez de mais frequentemente, apresentaram pontuações médias mais baixas em uma escala de disfunção cognitiva e eram menos propensos a ter problemas gastrointestinais, dentários, ortopédicos, renais/urinários, e distúrbios do fígado/pâncreas.

Isso não significa que, se você alimentar seu cão mais de uma vez por dia, está fazendo errado, mas as descobertas sugerem que os tipos de benefícios da alimentação com restrição de tempo, vistos principalmente em experimentos de laboratório com roedores, também podem ser estendidos aos cães de estimação. Para a autora principal do estudo e bioestatística, Kathleen Kerr, da Universidade de Washington:

Não estávamos confiantes de que veríamos diferenças na saúde ou cognição dos cães em função da frequência de alimentação. Acho que ficaríamos animados em ver uma associação entre frequência alimentar e saúde em um único domínio. Fiquei surpresa ao ver associações em tantos domínios.

Acho que ficaríamos animados em ver uma associação entre a frequência alimentar e a saúde em apenas um domínio. Fiquei surpreso ao ver associações em tantos domínios.

Embora uma frequência de alimentação de uma refeição por dia tenha sido associada a melhores resultados para cães em algumas áreas, em outros domínios não foi tão claro. As medições de risco de doença em termos de saúde cardíaca, cutânea e neurológica, bem como a incidência de câncer, não mostraram efeitos estatisticamente significativos.

Além disso, os pesquisadores reconhecem uma série de limitações a serem consideradas em seu estudo. Todos os dados de alimentação foram autorelatados pelos donos de cães – o que significa que estão sujeitos a erros em sua coleta e interpretação – e o estudo não foi capaz de separar a possível influência da restrição calórica (que não foi medida no estudo) de frequência de alimentação.

No entanto, apesar das limitações, a equipe diz que este é o maior estudo até hoje sobre a frequência de alimentação realizado em cães de estimação, e há claramente algo acontecendo aqui que sugere que alimentar seu cão apenas uma vez por dia está associado a certos benefícios à saúde.

Quanto ao que é, exatamente, permanece desconhecido, e os pesquisadores enfatizam que os resultados mostram apenas uma associação, e não demonstram causalidade – o que significa que não podemos concluir que a menor frequência de alimentação realmente causa melhor saúde nos cães.

Por exemplo, pode haver muitas razões pelas quais cães com saúde pior podem ser alimentados com mais frequência do que cães saudáveis ​​(sendo alimentados com refeições extras para tomar medicamentos, por exemplo), como aponta Emily Bray.

Até que se saiba muito mais sobre os mecanismos subjacentes a esse aparente fenômeno – e pesquisas subsequentes possam de alguma forma explicar melhor os resultados – ninguém deve mudar a frequência com que alimenta seu cão com base neste estudo, dizem os pesquisadores.

No entanto, se apoiado por estudos futuros, pode ser prudente revisitar a recomendação atualmente predominante de que cães adultos sejam alimentados duas vezes ao dia“, conclui a equipe .

A justificativa para a alimentação duas vezes ao dia em cães é obscura… e nosso estudo sugere que a alimentação mais frequente pode, de fato, ser subótima para vários resultados de saúde relacionados à idade“.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Rafael Nicácio

Co-fundador dos canais Portal N10, Jerimum Geek e do Tudo em Dicas. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do Rio Grande do Norte) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN). E-mail para contato: rafael@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.