Natal

Com novas viaturas de patrulhamento, Ronda da Saúde é reativada

Foto: Divulgação / Semdes

O patrulhamento ostensivo operado pela Guarda Municipal do Natal (GMN) com trabalho de segurança preventiva nas unidades municipais de saúde da capital, a Ronda da Saúde (RondaS),  foi retomado no sábado (9). O serviço criado pela Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) disponibiliza um efetivo diário de 25 guardas municipais e cinco viaturas para patrulhar postos, unidades de pronto atendimento e hospital do município.

RondaS já é responsável pela prisão de assaltantes e pela recuperação de veículos roubados, entre outras medidas de combate a delitos, visto que a ação diária do patrulhamento também cobre áreas próximas onde estão situados os prédios de saúde municipais.

De acordo com o comandante da GMN, Michel Dantas, com o número maior de viaturas e de guardas municipais nas ruas a corporação vem podendo não somente zelar pela segurança do cidadão que busca as unidades municipais de saúde, mas também contribuir com aquele que se encontra em outros pontos da cidade, na medida que as viaturas estão realizando deslocamento de um ponto para outro. “O RondaS é uma realidade aprovada pela população e podemos creditar isso a prefeitura e a união da Semdes, GMN e Secretaria Municipal de Saúde”, comentou o comandante.

Atualmente o RondaS realiza patrulhamento ostensivo direcionado as 82 unidades médicas municipais situadas nos cinco distritos sanitários de Natal. O planejamento do patrulhamento foi realizado de maneira a manter as viaturas distribuídas por área de atuação específica, sendo para o Distrito Norte I e II direcionadas duas viaturas, o Oeste com uma viatura e os distritos Sul e Leste com uma viatura de patrulhamento em cada um.

Os guardas municipais patrulham utilizando um sistema integrado de comunicação via rádio de dois tipos: um fixo instalado nas viaturas e o móvel, conhecidos por Hts. O sistema está ligado ao Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), onde faz parte a GMN, as polícias Militar e Civil, como também outras forças de segurança e de defesa social.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.