Cantareira1
Cantareira. Foto: Divulgação/Sabesp

O Sistema Cantareira registrou hoje (16) um acumulado que já supera a média histórica para fevereiro. O volume de chuvas chegou a 206,1 milímetros (mm), quando o esperado para todo o mês é 199,1 mm. Com isso, o nível do sistema subiu mais 0,5 ponto percentual, atingindo 7,8%. A última vez que o Cantareira teve chuvas acima da média foi em março do ano passado, quando o índice ficou em 193,3 mm. Os dados são divulgados diariamente pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). Mesmo com as elevações desde o dia 5 deste mês, o sistema ainda apresenta níveis considerados críticos.

O Alto Tietê, que enfrenta baixas históricas, também já apresenta um acumulado de chuvas (197,3 mm) superior à média (192 mm). O reservatório chegou hoje a 14,6% da capacidade. As precipitações das últimas 24 horas, que marcaram 24,1 mm, ajudaram o sistema a alcançar o índice. Os demais sistemas que abastecem a região metropolitana de São Paulo também registraram acréscimos.

No Guarapiranga, choveu 6,2 milímetros e a alta foi de 0,1 ponto percentual, passando de 55,2% da capacidade neste domingo para 55,3% nesta segunda. Já o sistema Alto Cotia subiu de 34,4% para 34,5%. No Rio Grande aumentou de 80,7% para 81,1%. E, no sistema Rio Claro, subiu de 32,1% para 32,8%.

As informações são da Agência Brasil.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.