Com bordão religioso, Daciolo teve mais votos que Marina

(ANSA) – Com uma campanha baseada no bordão “Glória a Deus” e com um gasto total de R$ 808,92 (valor menor que o salário mínimo de R$ 954), o candidato à Presidência pelo Patriota, Cabo Daciolo, foi o 6º mais votado no primeiro turno e ficou à frente de nomes tradicionais da política brasileira, como Marina Silva e Henrique Meirelles.

Daciolo marcou 1,3% dos votos válidos (sendo 1,3 milhões), enquanto a candidata da Rede, Marina Silva, ficou com 1% dos votos, com 1 milhão de eleitores, na 8ª colocação. Como sétimo candidato mais votado, Henrique Meirelles do MDB chegou a 1,2%. Durante sua campanha eleitoral, Daciolo virou “meme” e piadas nas redes sociais devido a frases como “Glória a Deus”, usadas sempre em seus pronunciamentos.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o candidato do Patriota arrecadou R$ 9.930 em financiamento coletivo. No entanto, Daciolo gastou apenas R$ 808,92, que se referem a taxas para o serviço de financiamento coletivo web – única despesa registrada até o momento pelo candidato.

Por sua vez, Meirelles e Marina Silva não prestaram contas até então ao TSE. A prestação de contas final deve ser feita até o 30º dia posterior às eleições, para todos os candidatos que não concorrerem ao segundo turno e para os partidos políticos, incluídas as contas dos respectivos comitês financeiros.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.