Mundo

Com apenas 14 anos, Abu al-Hassan é o mais jovem homem-bomba do Estado Islâmico

Uma imagem impressionante do suposto homem-bomba mais jovem do Estado Islâmico (EI) está sendo exibida na internet. Acredita-se que a criança, juntamente com um outro combatente sírio, realizaram um ataque suicida com caminhão-bomba na província iraquiana de Saladino.

A criança, talvez o mais jovem homem-bomba do EI, aparece na Internet com o nome de Abu al-Hassan al-Shami. Ela, que supostamente tem 14 anos, aparece nas fotos em um caminhão blindado com uma granada nas mãos, relatou o Daily Mail.

Nas fotos divulgadas no microblog Twitter de Charlie Winter, o menino aparece sentado no banco do motorista de um grande caminhão recheado de barris de explosivos. Nas mãos, ele segura uma granada, e entre as pernas, próximo ao volante, ele guarda um rifle AK-47.

Ele é tido como um dos dois terroristas sírios responsáveis pelos ataques suicidas na província iraquiana de Salahuddin (Foto: Reprodução)
Ele é tido como um dos dois terroristas sírios responsáveis pelos ataques suicidas na província iraquiana de Salahuddin (Foto: Reprodução)

A notícia do ataque do garoto em Samarra veio à tona apenas algumas horas após o Estado Islâmico divulgar um vídeo mostrando a detonação de outro caminhão na mesma área pelo combatente britânico conhecido como Abu Abdullah al-Britani.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Romário Nicácio

Administrador de Redes. Co-fundador do Portal N10 e do N10 Entretenimento. Redator de sites desde 2009, passando pelo Notícias da TV Brasileira (NTB), Blog Psafe e vários outros de temas variados. E-mail: romario@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.