Ciência

Cientistas descobriram fósseis de um verdadeiro “monstro do mar” que preenche lacuna evolutiva

Cientistas descobriram fósseis de um verdadeiro “monstro do mar”, segundo os cientistas o animal preenche uma lacuna evolutiva entre moradores do mar e da terra em torno do tempo dos dinossauros. A National Geographic relata que o Cartorhynchus lenticarpus ou ictiossauro era parecido com um golfinho com enormes nadadeiras e viveu na região da China a 248 milhões anos atrás.

O mais incrível é que os pesquisadores acreditam que é a primeiro “peixe lagarto” já registrado. Os cientistas descobriram que o ictiossauro poderia crescer para o tamanho de um trator-reboque, e evoluíram a partir da terra para o mar.

O animal encontrado na província de Anhui, tinha 1,5 metros de comprimento e representa um “marco”. As suas nadadeiras eram grandes para se mover em terra, enquanto suas pernas curtas e grossas o fazem um excelente nadador. Os pesquisadores dizem seu focinho curto, no entanto, ainda não tinha evoluído para o suficiente para pegar peixe, no lugar disso, ele teria a capacidade de sugar criaturas de corpo mole.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Romário Nicácio

Administrador de Redes. Co-fundador do Portal N10 e do N10 Entretenimento. Redator de sites desde 2009, passando pelo Notícias da TV Brasileira (NTB), Blog Psafe e vários outros de temas variados. E-mail: romario@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.