Chuvas deixam 150 mil desabrigados na América do Sul

(ANSA) – Enchentes no Paraguai, Uruguai e Argentina causaram a morte de ao menos oito pessoas e a evacuação de cerca de 150 mil moradores. As chuvas também afetaram o estado do Rio Grande do Sul, onde milhares de famílias foram removidas. No Paraguai, o rio Paraguai subiu 7,7 metros, atingindo o nível mais alto dos últimos 20 anos. Quatro pessoas morreram.

O presidente Horacio Cartes decretou estado de emergência e destinou US$ 3,5 milhões em assistência para as famílias desabrigadas. Na Argentina e no Uruguai, as enchentes provocaram a evacuação de 20 mil pessoas, sendo 15 mil somente em cinco províncias do noroeste argentino, como Entre Ríos, Corrientes e Chaco. Duas pessoas morreram na região.

Outras 6,6 mil pessoas abandonaram suas casas no norte do Uruguai e quatro departamentos (estados) estão em emergência. Duas pessoas morreram afogadas, de acordo com a mídia local.

você pode gostar também

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!