China quer conquistar o lado mais distante e inexplorado da Lua

O Programa Chinês de Exploração Lunar anunciou que o gigante asiático planeja empreender uma missão sem precedentes e a primeira na história: trata-se do pouso de uma sonda e de um rover (veículo de exploração espacial) no enigmático lado distante da Lua. As informações são do portal RT.

O engenheiro-chefe do programa, Wu Weiren, explicou o plano ambicioso, que será realizado com a sonda Chang’e 4: “Agora, estamos discutindo o próximo local de aterrissagem da Chang’e 4. Provavelmente escolheremos um local mais complicado tecnicamente. Outros países escolheram explorar o lado mais próximo da Lua. Nosso passo seguinte será, provavelmente, ver uma nave espacial chegando ao lado distante da Lua”.

A missão anterior, Chang’e 3, fez uma pouso controlado em 14 de dezembro de 2013 e ainda está em operação. Em um ano e meio, contribuiu para ampliar a compreensão científica da Lua, processo que será aprofundado com a chegada da Chang’e 4 ao lado distante do satélite natural da Terra.

você pode gostar também

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!