Mundo

China aciona OMC contra tarifas impostas pelos EUA

(ANSA) – A China depositou uma queixa junto à Organização Mundial do Comércio (OMC) contra as últimas tarifas impostas pelos Estados Unidos, que visam afetar US$300 bilhões em importações de bens chineses. A informação foi anunciada pelo Ministério do Comércio nesta segunda-feira (2), um dia depois das novas taxas entrarem em vigor.

Em comunicado, a pasta assegura que Pequim está muito insatisfeito e “defenderá firmemente seus legítimos direitos e interesses”, o sistema comercial multilateral e a ordem do comércio internacional, em conformidade com as regras da OMC. Segundo o Ministério do Comércio chinês, as tarifas “violam seriamente” o consenso alcançado pelos chefes de Estado dos dois países em Osaka, durante a cúpula do G20, em junho.

Os Estados Unidos, por sua vez, rejeitaram o pedido da China de adiar as tarifas iniciadas no último dia 1º de setembro, o que complica ainda mais as relações entre as duas superpotências. A decisão é o mais novo capítulo na escalada de tensão comercial entre EUA e China que teve início há mais de um ano.

No início de agosto, o presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou uma tarifa adicional de 10% sobre US$300 bilhões em produtos chineses, podendo ser aumentada até 25%. A decisão fez Pequim responder e impor taxa contra US$75 bilhões. Como nova retaliação, Trump elevou de 10% para 15% as tarifas sobre os US$300 bilhões e de 25% para 30% a outros US$250 bilhões.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.