Ceará-Mirim vai decretar fechamento do comércio não essencial e órgãos públicos por 7 dias

Ceará-Mirim vai decretar fechamento do comércio não essencial e órgãos públicos por 7 dias

A prefeitura de Ceará-Mirim – município da Grande Natal, anunciou nesta terça-feira (9) que vai decretar o fechamento do comércio não essencial e a suspensão da feira livre por um período de 7 dias. De acordo com o prefeito Júlio César Câmara, o documento deve ser publicado ainda hoje e as medidas devem entrar em vigor a partir desta quarta-feira (10).

Além disso, a prefeitura vai determinar o fechamento de todas as repartições públicas do município, com a consequente suspensão dos atendimentos. Segundo o prefeito, apenas os comércios essenciais irão funcionar, com limitação de 30% da capacidade de atendimento.

Para tomar a decisão, o prefeito levou em consideração o agravamento da covid-19 no município e no Estado. Segundo ele, dos 21 testes realizados nessa segunda-feira (8), um total de 18 deram positivos. Além disso, considera também uma superlotação do Hospital Dr. Percílio Alves, localizado na cidade, e a ocupação geral de leitos na Região Metropolitana de Natal.

“Peço o apoio de toda a população nesse momento de dificuldade que estamos enfrentando, lembrando que nenhum Prefeito gostaria de estar tomando esse tipo de decisão, mas o momento pede que isto seja feito para preservar a vida do nosso povo. Deus no comando sempre”, declarou.

Nesta terça-feira (9), de acordo com a plataforma Regula RN, a ocupação de leitos do estado está em 96,3%. Na Região Metropolitana da capital é de 95,3%. No Seridó, 94,4% dos leitos estão ocupados. A situação mais grave é a do Oeste, com 98,9% de ocupação.

Esta notícia foi interessante para você? Compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: