Casal de idosos se reencontra após dias internados e ‘separados’ por causa da Covid-19

Casal de idosos se reencontra após dias internados e ‘separados’ por causa da Covid-19

Casal de idosos se reencontra após dias internados e ‘separados’ por causa da Covid-19

Uma história com final feliz

Rafael Nicácio junho 21, 2021 Destaques

A equipe do Hospital Dr. João Machado – na zona Leste de Natal, guarda a recordação de uma história com final feliz. O casal Manoel Joaquim de Araújo, 86 anos, e Izabel Alves de Lima, de 103 anos, viveu a primeira experiência de separação quando adoeceram da covid-19 e precisaram ficar internados.

“Em mais de 60 anos de casados, eles nunca tinham se separado, nem por um dia”, contou a filha Maria José. O senhor Manoel permaneceu no hospital por 11 dias, e chegou a ficar na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Dona Isabel teve sintomas mais leves e ficou na enfermaria por uma semana.

Dona Izabel lembra emocionada dos dias em que aguardou a visita do marido. “Eu tinha muita dor dentro de mim. Perguntava a Deus se ele estava vivo e toda hora pensava nele”. Comovidas com a relação de cumplicidade do casal, as enfermeiras prometeram levar um até o outro, para que soubessem que estavam bem. Seu Manoel relembra o momento do encontro. “Foi a maior alegria que tive na minha vida”.

A coordenadora de enfermagem do hospital, Raiane Lima, lembra que ao tomarem conhecimento da situação do casal, logo ficaram sensibilizadas. “Seu Manoel estava internado na semi-intensiva e Dona Izabel internada na enfermaria. A equipe ficou ciente que eram casados e ficou sensibilizada com a história. Assim que seu Manoel recebeu alta da semi-intensiva, promoveram o encontro emocionante. Ela de imediato perguntou se ele estava bem e ele disse que sim”. No dia seguinte ao reencontro, os dois receberam alta médica.

Após receberem alta médica, na última quinta-feira (17/06), os dois retornaram ao município de Pedro Velho, aos cuidados da família. “Acho que a recuperação deles vai ser bem melhor estando juntos, pois não vão ficar preocupados um com o outro”, disse a filha.

Outros artigos