Mundo

Cartunista é morto na Jordânia por charge ironizando Alá

(ANSA) – O controverso escritor e cartunista jordaniano Nahed Hattar foi assassinado neste domingo (25) em Amã em frente a um tribunal do país. Hattar, que foi alvejado com três tiros, estava indo para uma audiência por causa de uma charge publicada por ele com ironias sobre Alá.

De acordo com a mídia da Jordânia, o assassino é Riad Abdullah, um imã de cerca de 50 anos, que prega em um bairro pobre da capital do país. O atirador foi imediatamente preso por policiais que faziam a segurança do tribunal. Hattar, que se declarava ateu, já havia ficado preso por divulgar a sátira em sua página no Facebook. Segundo a agência de notícias local Petra, ele foi detido sob a acusação de “racismo e sectarismo”, mas foi solto após pagar fiança.

O procurador de Amã, Abdullah Abul-Ghanam, havia indiciado o chargista ainda por “insulto à religião” e proibiu Hattar de publicar “material com imagens ou desenhos com a intenção de atingir os sentimentos religiosos e a fé”. Por sua vez, o escritor sempre se defendeu dizendo que não queria ofender os muçulmanos, apenas criticar o grupo terrorista Estado Islâmico (EI, ex-Isis) “pela forma como eles veem Deus e o Paraíso”.

Intitulada de “O Deus do Daesh”, forma como o EI também é conhecido, o desenho mostra um jihadista em uma cama, acompanhado de duas mulheres, em um diálogo com Deus. “Bom dia, Abu Saleh. Você precisa de alguma coisa?”, pergunta o personagem ao extremista. “Sim, Senhor. Me traga uma taça de vinho e peça para Jibril [chamado de Anjo Gabriel pelos cristãos] para me trazer amendoins.

Depois, me mande um servidor eterno para limpar o chão e a mesa com ela. E não esqueça de por uma porta aqui, assim da próxima vez você bate nela antes de entrar, sua Beatitude”, diz a representação do extremista. De acordo com uma explicação dada pelo especialista Anwar al-Iraqi, a vinheta distorce a palavrar “Subnallah”, que significa “Glória a Alá”, para “Subhanekh”, que é “Sua Beatitude”, em uma formulação que pode soar como blasfêmia para os muçulmanos.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!). Fale conosco!

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.