Caminhada chama atenção para doenças inflamatórias intestinais em Natal

Natal recebe nesta quarta-feira (18) a I Caminhada para Doenças Inflamatórias Intestinais. O evento começa às 15h, no Bosque das Mangueiras, no bairro de Lagoa Nova. A caminhada integra o Maio Roxo, que acontece em várias cidades brasileiras e capitais mundiais com o objetivo de chamar atenção da população sobre a Doença de Crohn e a Colite Ulcerativa. Os problemas atingem quase 5 milhões de pessoas em todo o mundo.

Além da caminhada, acontecerão atividades recreativas e serviços clínicos de nutricionistas, que estarão realizando o cálculo do Índice de Massa Corpórea (IMC) dos participantes. De acordo com o médico gastroenterologista e diretor regional da Associação Brasileira de Colite Ulcerativa e Doença de Crohn (ABCD), Dr. Marco Zerôncio, a falta de informação sobre o problema agrava o quadro de muitos pacientes.

“É comum confundir os sintomas das doenças inflamatórias intestinais com os da gastroenterite ou da síndrome do intestino irritável. Muitas pessoas também relacionam os problemas à alimentação. Elas acabam não procurando um médico, o que retarda diagnóstico e agrava a doença”, explica.

A Doença de Crohn e a Colite Ulcerativa comprometem o intestino e são consideradas crônicas (não têm cura). Os principais sinais e sintomas são diarreia, que pode ser sanguinolenta, acompanhada de dor abdominal, perda de peso e muitas vezes anemia. Além disso, podem ocorrer febre, afta e dores articulares.

Uma vez diagnosticadas, elas podem ser tratadas, permitindo que o paciente tenha uma vida normal e ativa. Não há informações precisas sobre suas causas, mas há consenso entre os especialistas de que fatores genéticos, imunológicos e ambientais, juntos, desencadeiam os problemas. O início da sintomatologia geralmente ocorre dos 20 aos 40 anos, mas pode aparecer em qualquer idade.

Serviço:

I Caminhada em prol do Dia Mundial das Doenças Inflamatórias Intestinais

Data: 18/05/2016 (quarta-feira)

Hora: 15h

Local: Bosque das Mangueiras, Lagoa Nova, em frente à UNP da Nascimento de Castro

Entrada Gratuita

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!