Cajueiro de Pirangi reabre para visitação

setembro 3, 2020 0 Por Rafael Nicácio
Cajueiro de Pirangi reabre para visitação

A partir deste domingo, 6 de setembro, o Cajueiro de Pirangi reabrirá para o público após suspensão das atividades devido as medidas de enfrentamento à pandemia da Covid-19. Restrições de visitantes e obrigatoriedade de máscaras estão entre os critérios estabelecidos para a retomada das atividades no local. A Portaria Conjunta Nº 020/2020, regulamentando a reabertura foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE).

A medida ocorre durante o plano de retomada das atividades no Estado, e o planejamento para a reabertura de um dos principais cartões-postais do Rio Grande do Norte foi feito pela gestão do Cajueiro, que possui administração do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema). O horário de funcionamento acontecerá das 07h30 às 17h30, todos os dias da semana.

Desde o início de agosto, alguns parques e equipamentos turísticos do RN iniciaram a reabertura gradual. Nesta semana, o Parque das Dunas também reabriu para o público.

Segundo a gestora do Cajueiro de Pirangi, Marígia Madje Tertuliano, “fizemos reuniões com a equipe, capacitações, realizamos a sinalização de todo o equipamento e estamos prontos para recebermos o público com segurança neste momento”, afirma.

A equipe do Cajueiro passou por um treinamento durante essa semana, em que a administração fez uma espécie de simulação e algumas estimativas dentro da realidade do local e a estrutura do equipamento. Na oportunidade, foram detalhadas informações sobre os protocolos de atendimento aos visitantes, como a organização das filas, condução dos visitantes, respeito ao distanciamento entre as pessoas e normas de higienização pessoal e limpeza do espaço.

O protocolo foi definido na última semana, após alinhamento da diretoria do Idema com a Secretaria de Turismo do RN. Além da limitação da quantidade diária de pessoas que circulam no local, a administração estabeleceu outras regras para a reabertura do Cajueiro. São elas:

  • Serão permitidas 200 pessoas por dia, com entrada de 25 pessoas por vez, em intervalos de 30 minutos;
  • Distanciamento social de pelo menos 1,5m durante a circulação no espaço;
  • Banheiros devem ser limpos com maior frequência;
  • Sinalização para orientar os visitantes;
  • Uso obrigatório de máscaras;
  • Álcool em gel disponível em totens;
  • Bebedouros devem ser utilizados com copos ou garrafas; entre outros.

Para o diretor geral do Idema, Leon Aguiar, o órgão atuou para a reabertura pensando em todos os protocolos sanitários, pois a segurança e saúde da população devem ser levadas como as principais questões. “É importante percebermos que os protocolos de segurança já estão postos no plano de retomada e nos decretos estaduais relativos ao poder executivo. O que nos detemos foram as particularidades dessa área protegida, de forma que o funcionamento evite aglomerações e esteja seguro tanto para a própria equipe do Cajueiro como para os visitantes”, finaliza o diretor.