Minicursos de horta orgânica e poda serão oferecidos no Cajueiro de Pirangi

Com o objetivo de proporcionar mais atrativos aos visitantes do Cajueiro de Pirangi, o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema, por meio da equipe coordenadora do Cajueiro, realiza neste mês de novembro a primeira Mostra de Orquídeas e Bromélias. A iniciativa faz parte do cronograma de atividades culturais que valorizam o meio ambiente, a economia solidária, gastronomia, artesanato e artes potiguares.

A Mostra de Orquídeas e Bromélias tem início nesta sexta-feira (8), com abertura às 9h, e seguirá até o dia 18 de novembro. A visitação será aberta até as 17h30, no horário convencional de visitação do Cajueiro. Além da mostra florística disponível durante todo o dia, o Festival conta com lançamentos de projetos e curso de cultivo de orquídeas.

Para a gestora do Cajueiro de Pirangi, Marígia Madge, realizar atividades no maior cajueiro do mundo é uma forma de divulgar a cultura potiguar ao mesmo tempo em que se preserva a beleza natural do local. “O nosso objetivo não deve se limitar na recepção de turistas para conhecer a árvore, mas sim, pensar em maneiras de desenvolvermos um lado fundamental da existência do Cajueiro, que é a participação e valorização de forma coletiva”, disse.

O Cajueiro de Pirangi realizou, no mês de setembro, uma Exposição de rosas do deserto, cactos e suculentas. A atividade foi desenvolvida por um profissional de segurança que atua no local, e, nas palavras da gestora Marígia, “um de nossos objetivos principais é fomentar o cajueiro através de sua gente”.

Programação

Foto: Reprodução / Viva Decora

Dia 8/11: Abertura da Mostra

Dia 9/11:

  • 9h: Lançamento do projeto Salinidade das Orquídeas que ocorrem na Zona Spray do Litoral, com Clementino Câmara – NOB/RN
  • 15h – Curso Cultivo de Orquídeas, com Maria Gleide Brandão – NOB/RN

Dia 17/11: Lançamento do projeto NOB/RB/JARDINEIRO/PHALAENOPSIS, novo sistema de cultivo de Phalaenopsis acrescentando algas trituradas

Dia 18/11: Encerramento

O maior cajueiro do mundo

Cajueiro de Pirangi fica na praia de Pirangi do Norte, em Parnamirim, cidade da Grande Natal, e cobre uma área de aproximadamente 8.500 metros quadrados, com um perímetro de aproximadamente 500 metros. Conta a história que o cajueiro foi plantado em dezembro de 1888 por um pescador chamado Luiz Inácio de Oliveira, que morreu com 93 anos sob as sombras da árvore.

O Cajueiro é aberto todos os dias da semana, das 7h30 às 17h30. A entrada custa R$8,00.

Crianças, de sete a 12 anos, pagam meia entrada, assim como estudantes e professores, portando carteira comprobatória.

O Cajueiro é a razão da comunidade e faz parte de suas vidas desde sempre. O corpo funcional, em sua maioria, é composto por profissionais que habitam o entorno – Pirangi, Pium, Búzios, Cotovelo.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.