Destaques, Economia

Caixa retoma financiamento de imóvel da linha Pró-Cotista

caixa-economica
Caixa Econômica Federal (Foto: Divulgação)

A Caixa Econômica Federal reabriu, nesta terça-feira (2), a linha de financiamento habitacional Pró-Cotista, que financia imóveis de até 1,5 milhão de reais.

A linha de crédito só não é mais barata do que a oferecida pelo banco para quem estiver enquadrado no programa Minha Casa Minha Vida, que financia imóveis de até 225 mil reais.

O banco também confirmou que restabeleceu o teto para financiamento de imóveis usados de 50% para 70% do valor da unidade. O valor havia sido reduzido de 70% para 50% no final de setembro do ano passado.

Com o início de 2018, o FGTS liberou um novo montante de recursos destinado à Pró-Cotista. Por conta disso, o banco, que sofre com falta de recursos, encontrou espaço para voltar a oferecer o crédito. O valor disponibilizado para esse ano é de 4 bilhões de reais, menor do que o do ano passado (6,1 bilhões de reais).

Requisitos

Para se enquadrar na modalidade, os proponentes devem comprovar um período mínimo de 36 meses de trabalho sob o regime do FGTS (não necessariamente consecutivos) ou saldo em conta vinculada de pelo menos 10% do valor da avaliação do imóvel. Eles também não podem ser proprietários de imóvel no município (ou região metropolitana) onde moram ou trabalham, nem possuir financiamento no Sistema Financeiro da Habitação (SFH) em qualquer parte do país.

Destinada a trabalhadores com conta no FGTS, a linha Pró-Cotista tem taxas de juros que variam de 7,85% (clientes com débito em conta ou conta-salário na CAIXA) a 8,85% ao ano. O prazo máximo de financiamento oferecido na Pró-Cotista é de até 360 meses.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.