Caixa divulga calendário de pagamentos do Auxílio Emergencial 2021

Caixa divulga calendário de pagamentos do Auxílio Emergencial 2021

Caixa divulga calendário de pagamentos do Auxílio Emergencial 2021

Rafael Nicácio março 31, 2021 Destaques

A Caixa Econômica Federal vai creditar os pagamentos do Auxílio Emergencial 2021 a partir do dia 6 de abril. O anúncio aconteceu nesta quarta-feira (31/03), em Brasília. O calendário de crédito em conta digital segue até o dia 22 de agosto.

Com a experiência do Auxílio Emergencial, criado pela Lei nº 13.982, de 2 de abril de 2020, e da extensão do Auxílio Emergencial (Medida Provisória nº 1.000, de 2 de setembro de 2020), o calendário foi organizado para que o atendimento ocorra de forma ordenada e sem aglomeração. Os pagamentos serão escalonados, de acordo com o mês de nascimento do beneficiário, em ciclos de crédito em conta e saque em dinheiro. Para os beneficiários do Bolsa Família que receberão o auxílio, nada muda. Eles continuam a receber conforme o calendário habitual.

Reforço no atendimento

Para reforçar a rede de atendimento aos brasileiros, a CAIXA contratou 7,7 mil colaboradores para atuar nas mais de 4,2 mil agências em todo o país. O banco ainda intensificou os protocolos de combate à Covid-19 e vai reforçar a higienização e o distanciamento em suas unidades.

Calendário do Auxílio Emergencial 2021

O Auxílio Emergencial 2021 começará a ser pago no dia 6 de abril para os brasileiros nascidos em janeiro e os demais beneficiários receberão conforme abaixo:

Calendário do Auxílio Emergencial 2021

O primeiro pagamento do Auxílio Emergencial 2021 para os beneficiários do Bolsa Família será no dia 16 de abril.

Calendário do Auxílio Emergencial 2021

CAIXA Tem

A conta Poupança Social Digital é uma poupança simplificada, sem tarifas de manutenção, com limite mensal de movimentação de até R$ 5 mil. A movimentação do valor dos benefícios pode ser realizada por meio digital com o uso do aplicativo CAIXA Tem. Atualmente, 75% das movimentações da conta Poupança Social Digital são feitas de maneira digital, por meio do CAIXA Tem.

Pelo aplicativo, é possível realizar compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos com o cartão de débito virtual e QR Code.

O trabalhador também pode pagar contas de água, luz, telefone, gás e boletos em geral pelo próprio aplicativo ou nas casas lotéricas pela opção “Pagar na Lotérica”.

A partir da data de disponibilização dos recursos para saque ou transferência, também de acordo com o mês de nascimento, os beneficiários poderão transferir os recursos para contas em qualquer banco, sem custo, ou realizar o saque em terminais de autoatendimento e casas lotéricas.

Quem terá direito ao Auxílio Emergencial em 2021

Pelas novas regras, estabelecidas pela Medida Provisória 1.039/2021, o Auxílio será pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. É necessário que o beneficiário já tenha sido considerado elegível até o mês de dezembro de 2020, pois não haverá nova fase de inscrições. Para quem recebe o Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso. A família receberá o benefício com maior valor, seja a parcela paga no âmbito do programa, seja o valor do Auxílio Emergencial.

O valor médio do benefício será de R$ 250, variando de R$ 150 a R$ 375, a depender do perfil do beneficiário e da composição de cada família.

  • As famílias, em geral, vão receber R$ 250;
  • A família monoparental, chefiada por uma mulher, vai receber R$ 375;
  • Pessoas que moram sozinhas vão receber R$ 150.

Como o cidadão pode saber se foi aprovado para receber o Auxílio Emergencial

A Dataprev realizará o cruzamento dos dados das pessoas cadastradas no grupo de beneficiários com os critérios do novo programa. A partir do dia 2 de abril, os cidadãos poderão verificar o resultado do processamento através do endereço auxilio.caixa.gov.br ou central 111.

Papel de cada ente envolvido

A CAIXA é o agente pagador do programa. O banco não participa nem interfere no processo de avaliação dos critérios de elegibilidade. O ministério da Cidadania é o órgão gestor, que coordena a identificação e o pagamento das famílias elegíveis ao Auxílio Emergencial 2021. A Dataprev, por sua vez, faz o cruzamento de dados e informa à CAIXA os elegíveis a receber o benefício.

Outros artigos