BR-101 será parcialmente interditada para instalação de passarela

julho 18, 2020 0 Por Rafael Nicácio
BR-101 será parcialmente interditada para instalação de passarela

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) informa que, em virtude do lançamento da estrutura metálica da passarela para pedestres, localizada próximo ao Atacadão, haverá a interdição parcial da BR-101/Sul, no Rio Grande do Norte. Ação ocorrerá no domingo (19), às 7h, caso as condições climáticas sejam favoráveis, e seguirá durante todo o dia.

​Pela manhã, o fluxo será interrompido no sentido Natal-Parnamirim, logo após o Monumento dos Reis Magos, sendo os veículos direcionados para a pista principal esquerda. Nessa operação, os veículos provenientes de Parnamirim serão desviados para a via marginal esquerda, não havendo, portanto, contrafluxo em sentido duplo de tráfego.

BR-101 será parcialmente interditada para instalação de passarela
Pela manhã, o fluxo será interrompido no sentido Natal-Parnamirim

​Durante a tarde, o fluxo será interrompido no sentido Parnamirim-Natal, logo após o Viaduto Abel Cabral, sendo os veículos direcionados para a pista principal direita. Nessa operação, os veículos provenientes de Natal serão desviados para a via marginal direita, não havendo, portanto, contrafluxo em sentido duplo de tráfego.

BR-101 será parcialmente interditada para instalação de passarela
Durante a tarde, o fluxo será interrompido no sentido Parnamirim-Natal

​O DNIT informa ainda que, no período matutino, os estabelecimentos comerciais localizados na via marginal poderão ser acessados pela Av. Antoine de Saint Exupéry e pela Rua Irineu Costa, seguindo no contrafluxo da marginal direita da rodovia. Os veículos provenientes de Parnamirim, a partir do retorno sob o Viaduto Abel Cabral, também poderão utilizar o contrafluxo da marginal direita da BR-101 para acessar os estabelecimentos.

​Por fim, a Autarquia informa que, tão logo os serviços sejam concluídos, o tráfego será restabelecido e solicita “a compreensão dos motoristas no sentido de reduzirem a velocidade, a fim de manter a funcionalidade da via de maneira segura”.