Destaques, Política

Bolsonaro questiona votação e promete ir ao TSE

Bolsonaro questiona votação e promete ir ao TSE
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

(ANSA) – O candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, questionou o resultado do primeiro turno e afirmou que sua campanha recebeu “muitas críticas” sobre urnas com problemas.

O deputado federal citou até uma denúncia feita por seus apoiadores e já desmentida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). “Recebemos muitas críticas de urnas que tiveram problemas, e não foram poucas. Se apertava o 1 e no final já aparecia o candidato da esquerda”, declarou Bolsonaro.

Segundo o TSE, a imagem da denúncia citada por Bolsonaro foi “manipulada”. O tribunal postou até um vídeo explicando como foi feito o truque.

“Devemos continuar mobilizados. Não podemos simplesmente nos recolher. Vamos juntos ao TSE exigir soluções para isso que aconteceu. Tenho certeza que, se esse problema não tivesse ocorrido e tivéssemos confiança no processo eletrônico, já teríamos o nome do futuro presidente da República decidido no dia de hoje”, declarou.

Em seu pronunciamento, feito em sua casa e divulgado nas redes sociais, Bolsonaro faz acenos ao Nordeste, às mulheres, aos ateus e aos homossexuais, dizendo que o PT tentou “dividir o país”, jogando uns contra os outros.

“O que eu quero para o Nordeste é que a região, através de seu povo humilde, trabalhador e conservador, fique livre da mentira, da coação que sempre existiu por parte do PT”, acrescentou.

Segundo Bolsonaro, existem apenas dois caminhos: “o da prosperidade, da liberdade, da família, de estar ao lado de Deus, e, por outro lado, sobra-nos o caminho da Venezuela. Não queremos esse caminho para o Brasil”.

“Vamos unir nosso povo, unidos seremos uma grande nação. Ninguém tem o potencial que nós temos”, afirmou o candidato.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.