DestaquesFutebol

Bolsonaro articula ‘sem intermediários’ estádio para o Flamengo no RJ

Presidente prometeu atender o clube carioca e ceder terreno que pertence ao Governo Federal

O Flamengo segue determinado na construção de um estádio próprio e, ao que parece, está cada vez mais próximo do início da realização das obras. Durante o Fórum Global de Agribusiness – evento do agronegócio realizado em São Paulo nesta segunda (25/07), o presidente Jair Bolsonaro prometeu atender o clube em relação ao desejo de construir o estádio próprio na região do Gasômetro, parte central do Rio.

Para isso, Bolsonaro revelou que falou com Daniella Marques, presidente da Caixa Econômica Federal, responsável pela administração da área, e com o comando do Exército.

Dani (Daniella Marques), como está a negociação do terreno da Caixa, do Gasômetro, para o Flamengo, que quer construir seu estádio de futebol? Tratamos desse assunto. Adiantei. Liguei agora há pouco para o comando do Exército Brasileiro, porque, vizinho ao Gasômetro, tem um quartel do Exército. Se for o caso, entra no pacote. Vamos atender ao Flamengo. Estudo de viabilidade está bastante avançado. Sem intermediários. Se aparecer um prefeito aí dizendo qualquer negócio, está mentindo“, falou Bolsonaro.

Imagem: O Globo

Entre as possibilidades de terreno para a construção de um estádio próprio em avaliação, o Flamengo dá preferência ao Gasômetro. O local pertence ao Governo Federal, tal qual o terreno em Deodoro, de propriedade do Exército, com a diferença de uma estrutura melhor de transporte e proximidade à região central do Rio e à Rodoviária Novo Rio.

O Flamengo entende que o terreno disponível na região é grande o suficiente para a construção de um estádio próprio, que poderia estar integrado à estrutura intermodal a ser inaugurada. Além do Gasômetro e de Deodoro, terrenos na Barra da Tijuca também são avaliados.

O terreno do Gasômetro fez parte da PPP (Parceria Público-privada) do projeto olímpico de revitalização da área. Foi criado o Fundo Imobiliário Porto Maravilha para administrar a região, sob responsabilidade da Caixa. Em troca, a Caixa usou dinheiro do FGTS para comprar títulos Cepacs, que dão direito a realizar construção na região.

Com informações do O Globo e Terra*

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Rafael Nicácio

Co-fundador dos canais Portal N10, Jerimum Geek e do Tudo em Dicas. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do Rio Grande do Norte) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN). E-mail para contato: rafael@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.