Site oferece quase 8 mil bolsas de estudo no Rio Grande do Norte

setembro 29, 2018 1 Por Rafael Nicácio
Site oferece quase 8 mil bolsas de estudo no Rio Grande do Norte

Os interessados em ingressar num curso de graduação ainda este semestre têm uma última chance de conquistar bolsas de estudos dentro do Rio Grande do Norte. As oportunidades são para modalidades presencial e a distância (EAD).

Com as constantes mudanças no mercado de trabalho, é exigido do profissional um olhar que vislumbre oportunidades, seja em uma empresa ou no trabalho autônomo. Para atender essas necessidades, o ponto de partida é uma capacitação como uma graduação ou pós-graduação. No entanto, o custo do curso escolhido pode deixar o planejamento inviável.

Por isso, bolsas de estudo que são ofertadas por programas de inclusão educacional vêm sendo a solução para obter essa formação, como o Educa Mais Brasil, que disponibiliza oportunidades com até 70% de desconto para o ensino superior em 2019.2 2020.1. O auxílio é concedido a quem não tem condições de investir na mensalidade integral de um curso, principalmente àqueles que procuram por alternativas diferentes das oferecidas pelo governo.

EDUCA MAIS BRASIL BOLSA DE ESTUDO

“A educação superior impulsiona para um futuro promissor. Esse benefício é concedido com a finalidade de aumentar as oportunidades para estudantes de todo o Brasil”, explica a diretora de Expansão e Relacionamento do Educa Mais Brasil, Andréia Torres.

Em todo o estado do Rio Grande do Norte estão disponíveis quase 8 mil bolsas de estudo. Em Natal há oportunidades para cursos como Administração, Ciências Contábeis, Enfermagem, Direito, Pedagogia, Biotecnologia, entre outros.

As inscrições estão abertas e o candidato deve se inscrever gratuitamente por meio do site oficial do programa [clique aqui]. Basta selecionar o curso de graduação ou pós-graduação pretendido, escolher uma das instituições com as bolsas de estudo ofertadas e preencher o formulário.

A aprovação pode ser consultada pelo Portal do Aluno, no próprio site ou na central de atendimento pelos telefones 4007-2020 para Capitais e Regiões Metropolitanas ou 0800 724 7202 para demais localidades.

  • ERRATA

O site oferece quase 8 mil vagas, e não “quase 3 mil” como foi informado anteriormente.