Brasil, Destaques

Blackout provoca transtornos em cidades do Norte e Nordeste

Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil (02/07/2015)

A queda de energia que afetou estados das regiões Norte e Nordeste paralisou semáforos, afetou a circulação de trens e metrôs, além de ter feito o comércio fechar mais cedo. De acordo com a Infraero, alguns aeroportos, como o de Salvador, sofreram com o apagão, mas a queda não afetou as operações de pouso e decolagem, uma vez que os geradores de energia foram acionados.

Levantamento realizado pela Portal N10 aponta que nos estados do Maranhão e Pernambuco o apagão foi total. Em Pernambuco, assim como no Ceará e na Bahia, o serviço de metrô foi afetado e os trens pararam, deixando milhares de passageiros sem transporte.

Na Região Norte, Manaus, ficou inteiramente sem energia. A queda de energia afetou ainda o Tocantins, o Amapá, o Pará, a Paraíba, o Rio Grande do Norte, o Piauí e Sergipe.

A queda de energia teve início pouco antes das 16h. O motivo teria sido a queda de uma linha de transmissão da Usina Hidrelétrica de Belo Monte. De acordo com o Operador Nacional do Sistema (ONS), a perturbação causou o desligamento de cerca de 18 mil MW, localizados na sua maioria nos estados das regiões Norte e Nordeste.

De acordo com o ONS, às 16h15min a carga já estava praticamente recomposta nos Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Em estados da Região Nordeste, relatos nas redes sociais dão conta de que a energia foi retomada depois das 17h, mas logo voltou a ficar instável.

Em nota, a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) informou que não identificou nenhum defeito no seu sistema que ocasionasse o desligamento. A empresa disse que está apurando o ocorrido. A Eletrobras Distribuição Amazonas, inicialmente disse que o motivo do apagão teria sido a queda de um circuito duplo de 55 Kv do linhão de Tucuruí.

No final da tarde, o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, confirmou a causa da queda de energia. “Recebemos um comunicado do Operador Nacional do Sistema de que caiu uma linha de Belo Monte e que uma parte do Norte e Nordeste ficou fora do Sistema [Interligado Nacional]. Mas a informação que eu tive é que a energia já está sendo restabelecida em várias áreas”, disse.

Por conta da perda de carga, entrou em funcionamento o primeiro estágio do Esquema Regional de Alívio de Carga do Sistema Sul, Sudeste e Centro-Oeste, responsável por compensar a perda de energia. Com isso, houve o corte automático de energia de consumidores, no montante de 4.200 MW. “Os sistemas Sul, Sudeste e Centro-Oeste ficaram desconectados do Norte e Nordeste”, disse o ONS.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.