BioNTech diz que pode ter vacina contra mutações do coronavírus pronta em 6 semanas

BioNTech diz que pode ter vacina contra mutações do coronavírus pronta em 6 semanas

dezembro 22, 2020 0 Por Rafael Nicácio

O diretor executivo da farmacêutica alemã BioNTech, Ugur Sahin, disse nesta terça-feira (22) que está confiante de que a vacina contra o coronavírus desenvolvida por sua empresa em conjunto com a americana Pfizer é eficaz contra a nova cepa descoberta no Reino Unido, embora ele tenha notado que estudos adicionais são necessários para ter certeza absoluta.

“Não sabemos no momento se nossa vacina também é capaz de fornecer proteção contra essa nova variante”, admitiu Sahin, citado pela AP.

No entanto, ele garantiu que a empresa tem “confiança científica” no medicamento, já que as proteínas da nova mutação coincidem 99% com as das cepas predominantes.

A BionNTech já está realizando os testes correspondentes, disse Sahin, estimando que os resultados estarão prontos nas próximas duas semanas.

E especificou que, se necessário, a vacina poderá receber as modificações cabíveis em cerca de seis semanas, embora posteriormente possa requerer nova aprovação das autoridades sanitárias.

Esta notícia foi interessante para você? Compartilhe com seus amigos!